nsc
    nsc

    Pedágio ambiental

    TPA de Bombinhas arrecadou quase R$ 5 milhões nesta temporada

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    07/02/2020 - 17h38 - Atualizada em: 07/02/2020 - 17h41
    TPA de Bombinhas (foto: Divulgação prefeitura de Bombinhas)
    TPA de Bombinhas (foto: Divulgação prefeitura de Bombinhas)

    A prefeitura de Bombinhas publicou um relatório completo com a arrecadação e as despesas da Taxa de Preservação Ambiental (TPA), desde o início da temporada de cobrança, em 15 de novembro, até 31 de janeiro. Foram arrecadados, no período, mais de R$ 4,9 milhões - o valor corresponde às taxas pagas, e não inclui os inadimplentes.

    As despesas da TPA somaram R$ 2,3 milhões. A maior parte do custo é para a limpeza das praias. A empresa D&Z Serviços de Limpeza, que presta o serviço, recebeu da prefeitura R$ 1,2 milhão neste verão. A manutenção do sistema, feita pela empresa Telmesh, vem em segundo lugar na lista de despesas - o investimento foi de R$ 481 mil nesta temporada.

    O terceiro maior custo é do aluguel de módulos sanitários - os banheiros instalados nas praias - por R$ 238 mil. As despesas incluem, ainda, o pagamento pelo sistema de cartão de crédito, sistema Sem Parar, e até protetor solar para os servidores que atuam na cobrança.

    Fluxo impressiona

    Os números da TPA são um termômetro importante para o movimento do verão - e esta temporada surpreendeu. Desde que iniciou a cobrança, mais de meio milhão de veículos foram taxados pela TPA.

    Se considerados também os veículos isentos, 843 mil veículos passaram pelo controle na entrada de Bombinhas entre 15 de novembro e 31 de dezembro. A população fixa do município é de 19 mil habitantes, segundo o IBGE.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas