publicidade

Navegue por
Dagmara

Toma lá - dá cá

Vereador quer leitura obrigatória da Bíblia nas escolas de Balneário Camboriú

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
13/11/2018 - 16h09 - Atualizada em: 13/11/2018 - 16h12
Foto: Alvarélio Kurossu, Arquivo NSC

Diante da repercussão da proposta do vereador Lucas Gotardo (PSB), que pretende trocar a leitura da Bíblia pela da Constituição Federal no início das sessões do Legislativo de Balneário Camboriú, seu colega de bancada, o vereador Omar Tomalih (PSB), resolveu contra-atacar: quer instituir a leitura da Bíblia antes do início das aulas nas escolas.

Tomalih sabe que sua ideia pode esbarrar na Constituição o Estado é laico e garante liberdade de culto. Mesmo assim, diz que sua assessoria jurídica está estudando uma maneira de levar a proposta adiante.

— Não vejo ofensa em ler um livro sagrado — disse.

O vereador garante que não se trata de uma resposta ao seu colega de partido, que quer priorizar a Constituição na Câmara.

— Tenho grande aproximação com o Lucas. Ele representa parte da sociedade, eu outra. Estamos em país democrático — afirmou.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação