nsc
nsc

Pandemia

Em 12 dias, casos de Covid saltam 1.400% em Criciúma

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
07/01/2022 - 16h41
Entre os positivados de Criciúma, estão 30 funcionários do Hospital São José
Entre os positivados de Criciúma, estão 30 funcionários do Hospital São José (Foto: Caio Marcelo / Agência RBS)

Em 27 de dezembro, a Vigilância Epidemiológica registrava 33 casos ativos de Covid-19 em Criciúma. Na tarde desta sexta-feira (7), 12 dias depois, são 469 positivados na cidade. O salto, de 436 registros, aponta para um incremento altíssimo de 1.421%.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Aumento significativo, ainda com a variante Delta, que transmite muito mais, estamos analisando possíveis casos de Ômicron e muitos casos de gripes - afirma o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande.

Ele aponta para a menor gravidade dos registros, por consequência da vacinação, que alcançou 96% em primeira dose e mais de 85% dos grupos envolvidos com sistema vacinal completo em Criciúma. - O importante é que não estão havendo casos graves graças ao avanço da vacinação. Por isso é importante vacinar. Os vacinados estão tendo sintomas leves, não chegam a internar, não chegam a precisar de um leito de UTI - detalhou.

> Lançada a obra de R$ 10 milhões para superar desastre ambiental no Sul

Nesta sexta há 15 pacientes internados em Criciúma, 9 confirmados para Covid, 7 em leitos de UTI e 2 em clínicas. Dos casos suspeitos, são 6 internados, todos em leitos clínicos. Da série recente, o dia com menos internações foi 30 de dezembro, com 9 pacientes, sendo 6 em leitos de UTI.

Criciúma registrou um óbito por Covid-19 em 2022. Foi na última terça-feira (4), um homem de 67 anos, que se tornou a vítima de número 667 do coronavírus desde o início da pandemia na cidade.

- Estamos reforçando os atendimentos, cinco unidades em cada distrito, Quarta Linha, Santa Luzia, Rio Maina, Pinheirinho e Centro até 22 horas - informou o secretário Acélio. - Com essas ampliações vamos reforçar testagens para os sintomáticos - completou.

> Covid: novo salto nos casos e show transferido em Criciúma

30 trabalhadores do hospital positivados

O Hospital São José, principal referência da região no combate à Covid-19, está sofrendo com a nova onda. São 30 funcionários que encontra-se afastados por terem positivado nos últimos dias. - É um número alto e que já preocupa, talvez tenhamos que limitar algumas atividades - informou o diretor técnico Raphael Elias Farias. - Houve um pico, no auge da pandemia, de 120 colaboradores afastados - lembrou.

A exemplo de outros hospitais do Sul catarinense, o São José também lançou um apelo à população para procurar os serviços de emergência somente em casos graves. No Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC), referência no atendimento pediátrico em Criciúma, o salto na procura preocupa. Em janeiro de 2021, foram 2,5 mil atendimentos e somente nos 5 primeiros dias de 2022 já houve 1,1 mil pacientes que buscaram o hospital.

Leia também:

> Prefeito do MDB no Sul: "Onde Moisés estiver, nós estaremos juntos"

> Em menos de 3 anos, Moisés e Salvaro vão das turras aos elogios

> Ministro da Saúde recebe prefeito e secretário de Criciúma

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas