nsc
nsc

Capturado

A prisão do assaltante Papagaio no Paraná

Compartilhe

Por Diogo Vargas
11/09/2018 - 08h07 - Atualizada em: 11/09/2018 - 13h44
assaltante papagaio

Desta vez, foi no Estado do Paraná a recaptura do assaltante de bancos gaúcho Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio. Estava em uma chácara com forte armamento, incluindo quatro fuzis, munição, coletes. Outras três pessoas foram presas.

A prisão foi na madrugada desta terça-feira em Agudos do Sul, a 60 quilômetros de Curitiba, pela Polícia Militar do Paraná. Policiais catarinenses da Deic logo foram avisados da captura em redes internas.

A polícia apreendeu ainda carregadores, placas balísticas, toucas, rádios comunicadores, lanternas, luvas e miguelitos (ferros retorcidos para furar pneus).

Caminhonete preparada para .50

Segundo a PM, havia cinco carros no local. Entre eles uma caminhonete preparada com blindagem para receber metralhadora com munição calibre .50 na parte traseira, onde seria possível efetuar disparos.

Policiais afirmam que a .50 é altamente destrutiva para perfurar blindagens, sendo capaz até de derrubar avião.

Armamento encontrado com Papagaio
Armamento encontrado com Papagaio
(Foto: )

O assaltante de bancos e carro-forte estava foragido desde dezembro do ano passado por não ter retornado de trabalho externo em saída temporária autorizada pela Justiça, em Porto Alegre (RS).

Papagaio costumava se esconder em Santa Catarina em suas outras fugas do Rio Grande do Sul. Ao menos quatro vezes foi recapturado no Estado, em (2000); Balneário Camboriú, litoral Norte (2006); Tubarão, Sul do Estado (2008) e Brusque, no Vale do Itajaí (2011).

Sem suspeitas de nova ação em SC

Segundo o diretor da Deic catarinense, delegado Anselmo Cruz, nos últimos meses ocorreram vários ataques a carros-fortes no Paraná — na segunda-feira houve duas tentativas de assalto contra dois blindados transportadores de valores, no interior daquele Estado.

Em Santa Catarina, não há nenhuma suspeita que Papagaio tenha agido nesses meses em que esteve foragido, conforme Anselmo.

Roubo em Içara ainda não foi julgado

No site do Tribunal de Justiça de SC consta que Cláudio Adriano Ribeiro responde por um roubo a uma empresa de equipamentos industriais em Içara, Sul de Santa Catarina.

O assalto foi em 2008 e a quadrilha levou mais de R$ 200 mil. Ainda não há sentença do processo.

Assalto com morte em Blumenau

Papagaio foi condenado a mais de 55 anos de prisão por assaltos a bancos e carros-fortes. Em 1997, em Blumenau, liderou assalto milionário ao Besc. Um vigilante morreu.

O criminoso também foi baleado e levado para o Hospital em São José, onde comparsas o resgataram naquele mesmo ano.

Leia mais notícias e análises de Diogo Vargas

Colunista

Diogo Vargas

Análise e opinião sobre as decisões e os rumos da segurança pública em Santa Catarina. Este espaço deixou de ser atualizado. Conheça todos os colunistas do NSC Total em: https://www.nsctotal.com.br/

siga Diogo Vargas

Colunista

Diogo Vargas

Análise e opinião sobre as decisões e os rumos da segurança pública em Santa Catarina. Este espaço deixou de ser atualizado. Conheça todos os colunistas do NSC Total em: https://www.nsctotal.com.br/

siga Diogo Vargas

Mais colunistas

    Mais colunistas