nsc
    nsc

    Rolê com Edsoul

    Agora foi a vez do Monte Serrat se manifestar contra violência policial

    Compartilhe

    Edsoul
    Por Edsoul
    03/04/2019 - 06h05 - Atualizada em: 03/04/2019 - 06h01
    Foto: Edsoul

    De novo e, infelizmente, estamos abordando o tema violência aqui no Rolê. Depois dos morros da Mariquinha, Mocotó e Queimada, o Monte Serrat fez uma manifestação clamando pela paz nos seus subguetos. Quebra Pote, Nova Descoberta, Caminho Velho, Pastinho, são alguns dos que estiveram em peso na via principal da comunidade. A Rua General Vieira da Rosa se vestiu de branco.

    Ao som de “queremos paz, violência não”, os moradores pediram mais cautela nas incursões policias. Segundo relatos de muitas pessoas de bem, feitos a este colunista, a truculência seguida de disparos de arma de fogo a esmo estão deixando toda àquela comunidade histórica do Maciço do Morro da Cruz amedrontada.

    “Nós sabemos que a polícia deve subir e fazer o seu trabalho, mas nos tratar como animais irracionais é algo simplesmente inadmissível”, pontuou uma das lideranças.

    Fica aqui também o meu clamor ao comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Araújo Gomes, para que reveja as operações feitas por seus colegas subordinados. O alcance do tão sonhado processo igualitário deve ser construído com ferramentas empunhadas por seres pacíficos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas