nsc
    nsc

    ELAS NA RIMA

    Atitude feminina parte 2

    Compartilhe

    Edsoul
    Por Edsoul
    09/12/2019 - 07h50 - Atualizada em: 09/12/2019 - 07h47
    Mana Moa MC e Ká Alves

    Meus papos com mulheres que fazem parte da cena hip hop no sul do nosso Brasil, segue "firmão". Desta vez, fui encontrar guerreiras que moram na Vila Aparecida, lado continental de Floripa. Ká Alves, Mana Moa Mc e Janaína Palavra Feminina acumulam juntas mais de duas décadas de dedicação à arte das rimas. Ambas levam em suas letras e videoclipes, o dia dia da mulher e suas mazelas que perduram desde os primórdios.

    Querem fazer um teste? Digitem os nomes destas guerreiras nas melhores plataformas de músicas e vídeos, ousem se identificar com as estrofes e refrões que arrastam multidões e arrematam muitos adeptos.

    Em breve, no nosso Jornal do Almoço, vamos exibir esses bons desenrolos e bate papos. Fiquem ligados, pois até a Kmilla CDD, irmã do rapper Mv Bill, mandou um recado da hora!

    Janaína Palavra Feminina
    (Foto: )

    Ordem ou repressão

    Ao mesmo tempo que a exaltação da mulherada no RAP está rolando pelas comunidades e principais pontos do Estado, a galerinha da já tradicional Batalha das Minas sofreu com o impedimento de fazer seu evento na última sexta-feira, em plena Avenida Hercílio Luz, no centrão de Floripa.

    Segundo as organizadoras, por volta das 22h30min, quando estavam reunidas curtindo som, fazendo suas rimas e arriscando uns passinhos de Black Music, as viaturas da Polícia Militar encostaram para calar as minas. Segundo relatos, foram usados gás lacrimogêneo, balas de borracha e até cacetadas para coibir as jovens presentes.

    Na boa, as manifestações sadias da juventude não podem ser paradas. Afinal de contas, o movimento hip hop ainda é um dos coletivos mundiais que salva vidas. Deixamos aqui o espaço aberto para que a corporação faça seu relato sobre os fatos. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas