nsc
    nsc

    Rolê com Edsoul 

    Grafiteiros se unem com projeto social para colorir morros da Capital

    Compartilhe

    Edsoul
    Por Edsoul
    04/02/2020 - 15h49
    Arte
    Depois de fazer ações em diversas comunidades da Grande Florianópolis, o Cidades Invisíveis iniciou seus trabalhos no Maciço. (Foto: Cidades Invisíveis / Divulgação)

    O que pode acontecer quando artistas de bom coração, se unem a um projeto social sério? Lá pras bandas do Moro da Mariquinha, no Maciço do Morro da Cruz, um encontro assim resultou numa miscelânea de cores e numa nova galeria de artes a céu aberto.

    Rodrigo Rizo, Tuane Ferreira e mais dezesseis grafiteiros subiram a ladeira com latas de spray, encontraram o líder comunitário Alex Correia, arregaçaram as mangas e mandaram ver nos muros da quebrada. Foram quatro dias de interação com a comunidade, de aprendizado mútuo, muito som e claro, pinturas.

    O facilitador dessa parada toda foi o Projeto Cidades Invisíveis, do meu chapa Samuel Schimidt, que já circula por várias outras comunidades, no intuito de levar autoestima, estrutura e dignidade para os moradores. A galera do Morro da Mariquinha está em êxtase com o painel colorido. Até o re do reggae, Bob Marley, está lá sorrindo. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas