nsc
    nsc

    Falta de leitos

    Audiência pública debate situação da nova torre do Hospital Tereza Ramos, em Lages

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    16/09/2019 - 11h05
    Foto: Divulgação/SES

    O maior hospital da Serra catarinense novamente é assunto na região, dessa vez a falta de leitos no Tereza Ramos complicou o atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lages. Neste fim de semana o local chegou a ter 20 pacientes aguardando leitos para o internamento. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não tinha mais camas na UPA e muitos pacientes tiveram que ser colocados em macas.

    A situação fez com que o vereador Lucas Neves propusesse uma audiência pública para debater sobre a situação da nova Torre do Hospital Tereza Ramos. Ela está praticamente pronta, são mais de 90 leitos para o internamento e 30 leitos para UTI que podem ajudar a desafogar essa demanda. Mas, por enquanto, não tem sinalização de quando será aberta.

    A estrutura começou a ser construída em 2012, só na parte física o governo catarinense investiu R$ 86 milhões. A audiência pública está programada para quarta-feira (18), a partir das 19h, no plenário da Câmara de Vereadores. Segundo o vereador, as presenças dos secretários de Saúde do Estado, Helton Zeferino, e da Casa Civil, Douglas Borba, foram confirmadas.

    — Estamos empenhados com as questões relacionadas ao Hospital Tereza Ramos. Já tivemos diversos contatos com o secretário de Estado da Saúde, e o próprio governador, sempre no sentido de reforçar a importância da operação da nova torre. Essa audiência é mais um passo em direção ao nosso objetivo, que é ver a nova estrutura atendendo a população de Lages e região — disse Lucas Neves.

    A audiência é aberta à população, quem quiser poderá fazer uso da palavra, porém, deve chegar antes para se inscrever e fazer as observações ou perguntas aos secretários.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas