nsc
    nsc

    Novos Leitos

    Cinco novos leitos de UTI Covid foram ativados em Lages

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    22/07/2020 - 10h26 - Atualizada em: 22/07/2020 - 12h44

    Dos 20 leitos de UTI para Covid-19, previstos para abrirem até sexta-feira (24), nos dois hospitais de Lages, o Nossa Senhora dos Prazeres e o Tereza Ramos, cinco foram ativados hoje. Quatro no hospital Nossa Senhora dos Prazeres e um no Tereza Ramos.

    Até o fim de semana a promessa da direção do hospital Nossa Senhora dos Prazeres é que mais seis sejam ativados. Na semana passada eles receberam os monitores e respiradores do governo estadual para que essa nova ala pudesse funcionar.

    Já no hospital estadual Tereza Ramos, o único leito aberto já está sendo ocupado e os outros nove ain

    da estão sendo preparados, mas a previsão é que até sexta-feira (24) todos os dez leitos de UTI Covid estejam funcionando, também. Na última semana o governo do estado fez um processo seletivo para o Tereza Ramos e quem passou está sendo chamado. Conforme os profissionais vão chegando os leitos vão sendo abertos. Uma das principais dificuldades é que muitos profissionais da saúde estão afastados. Segundo a direção, o hospital tem cerca de 800 colaboradores e em média, está tendo cinco afastamentos por dia. Quem tem sintoma gripal precisa ser afastado por 14 dias, segundo o protocolo do Ministério da Saúde.

    ::Ministro interino da Saúde visita SC para planejar combate ao coronavírus

    No hospital Nossa Senhora dos Prazeres os enfermeiros e técnicos também já foram contratados, e estão passando por uma capacitação para trabalhar nessas alas de UTI Covid. Esses novos leitos ainda não foram habilitados pelo SUS, por isso a Secretaria de Saúde de Lages está bancando, com recursos que o município recebeu do governo federal para o enfrentamento da pandemia.

    Até então, Lages tinha 19 leitos de UTI para receber pacientes com Coronavírus. A cidade que é referência para os 18 municípios da região serrana está operando sempre no limite. Até está terça-feira (21), a taxa de ocupação estava em 95%, os dados atualizados ainda não foram repassados pela Secretaria Municipal de Saúde.

    ::Ivermectina: o que dizem defensores e críticos do uso contra o coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas