nsc
    nsc

    ACUSADO DE FEMINICÍDIO

    Homem acusado agredir companheira até a morte está sendo julgado em Lages

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    27/10/2020 - 10h04
    Homem acusado de matar companheira em 2018 vai a Júri Popular
    Homem acusado de matar companheira em 2018 vai a Júri Popular (Foto: NCI/TJSC)

    Está sendo julgado, em Lages, o homem acusado de matar a companheira e enterrar o corpo dela no quintal da casa onde eles moravam. João Batista Campos de 62 anos está sentado no banco dos réus. O feminicídio aconteceu em 2018 durante uma discussão por ciúmes. A vítima tinha 54 anos. O Júri Popular começou às 10h, no salão do júri do Fórum de Lages.

    ::Acusado pela morte de Gabriella Custódio Silva vai a júri popular em Joinville

    Segundo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, “consta na denúncia do Ministério Público que o homem agrediu a mulher violentamente com socos, chutes, pauladas e empurrões contra as janelas e portas até a morte. Para se eximir das consequências penais, ocultou o corpo da companheira em meio à plantação no terreno da residência”.

    O homem está sendo julgado por homicídio qualificado, pelo motivo torpe, meio cruel e surpresa. Se condenado pode pegar de 12 a 30 anos de prisão. Por causa da pandemia do novo coronavírus os trabalhos acontecem sem a presença do público. Apenas os familiares podem acompanhar o julgamento. O mês de outubro foi marcado pela volta dos júris populares, na Serra Catarinense. Em Lages, esse é o quarto julgamento, neste mês, no Fórum da cidade.

    LEIA MAIS:

    ::Daniela Reinehr assume governo de Santa Catarina

    ::Moisés presta depoimento à PF no caso dos respiradores

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas