nsc
nsc

Covid-19

Lages começa credenciamento para vacinar pessoas com comorbidades

Compartilhe

Eduarda
Por Eduarda Demeneck
03/05/2021 - 20h14
Cadastro de pessoas com comorbidades começa a ser realizado em Lages
Cadastro de pessoas com comorbidades começa a ser realizado em Lages (Foto: Fom Conradi / Prefeitura de Lages)

Com a decisão de começar a vacinar as pessoas com comorbidades no estado, conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI), a Secretaria de Saúde de Lages vai liberar o cadastramento desse público-alvo para vacinação contra Covid, no site da prefeitura. Porém, ainda não há data para que essas pessoas comecem a ser vacinadas, primeiro é preciso terminar a imunização nos idosos com mais de 60 anos.

Nesse primeiro momento serão imunizadas as pessoas consideradas de alto risco. Segundo o PNI a vacinação será dívida em duas etapas. Na primeira serão imunizadas as pessoas com Síndrome de Down, doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), transplantes de órgãos ou medula óssea, puérperas com comorbidades acima de 18 anos, pessoas com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) entre 18 e 59 anos e pessoas com deficiência permanente entre 55 a 59 anos.

>>Primeiro lote de vacinas da Pfizer chega a SC

Assim como os profissionais de saúde é importante que o cadastramento das pessoas com comorbidades para o gerenciamento da imunização. O formulário deve ser disponibilizado no site da prefeitura até esta terça-feira (04).

Vacinação continua para pessoas com mais de 60 anos

Nesta terça-feira (04), a vacinação para quem tem mais de 60 anos segue no Parque Conta Dinheiro, em sistema drive-thru e no Ginásio Jones Minosso, para os pedestres. A segunda dose das vacinas AstraZeneca e Coronavac segue sendo aplicadas. Os profissionais de saúde estão recebendo a 1ª dose somente no ginásio Jones Minosso. A imunização acontece das 9h às 17h. É preciso levar documento oficial com foto, cartão do SUS ou CPF e comprovante de que recebeu a primeira dose para quem vai receber a segunda. 

Quem for vacinado pode ajudar as famílias mais carentes de Lages levando 1 kg de alimento não perecível nos locais de imunização. Tudo que for arrecadado será destinado às famílias atendidas pelos programas sociais e às pessoas em situação de rua. 

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Eduarda Demeneck

Colunista

Eduarda Demeneck

Os principais acontecimentos de Lages e região.

siga Eduarda Demeneck

Mais colunistas

    Mais colunistas