nsc
    nsc

    Negócios

    Mesmo com a liberação do estado, Sindicato Rural de Lages vai continuar com leilões online

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    12/05/2020 - 11h01 - Atualizada em: 12/05/2020 - 11h52
    Leilão Virtual (Foto: Fotos: Paulo Chagas/ Sindicato Rural de Lages)
    Leilão Virtual (Foto: Fotos: Paulo Chagas/ Sindicato Rural de Lages)

    Desde a última semana o governo catarinense liberou a presença de produtores e compradores em feiras e leilões no estado. Até então, muitos sindicatos estavam realizando as atividades de forma virtual. Em Lages, o Sindicato Rural da cidade já fez três leilões de gado através da internet. E o resultado foi bem melhor do que o esperado. Foram vendidos 1,6 mil animais e movimentados R$ 2,6 milhões. Segundo o presidente do sindicato, Marcio Pamplona, com a facilidade que só a internet traz, teve participações de outros estados, a exemplo do Rio Grande do Sul e Paraná. “Daqui para frente esta nova modalidade tecnológica passa a fazer parte de todas as feiras de negócios futuros, mesmo com público presente”.

    Todas as agendas de 2020 com abrangência do Sindicato Rural de Lages serão feitas de forma virtual. As próximas atividades estão programadas em Capão Alto (23/05), Painel (25/05) e também na realização de mais uma Feira de Gado Geral prevista para o início do mês de junho. Segundo o sindicato, essa é uma forma de evitar aglomerações de público. A nova portaria (nº 288) do governo catarinense permite até 30%de ocupação no local onde está acontecendo o leilão ou a feira. Sempre com aquelas regras básicas, entre elas, álcool em gel disponível e uso obrigatório de máscara.

    No vídeo o presidente do Sindicato Rural de Lages, Marcio Pamplona, explica os motivos dessa decisão. Veja.

    Entrevista

    Presidente do Sindicato Rural de Lages, Marcio Pamplona.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas