nsc
    nsc

    Serra catarinense

    Três homens são detidos em operação que investiga crimes rurais em Lages

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    04/09/2019 - 16h04 - Atualizada em: 04/09/2019 - 16h06
    Três pessoas foram presas e sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos (Foto: Nilton Wolff)

    Na manhã desta quarta-feira (4) a Polícia Militar de Santa Catarina em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), deflagrou a Operação Abate, em Lages. Três pessoas foram presas e sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

    Os detidos são suspeitos de cometerem crimes no interior da Serra Catarinense. Informações passadas pela polícia Militar, através da Patrulha Rural davam conta de que eles tinham envolvimento com crimes de furto de gado, furto em propriedades rurais, posse e porte ilegal de armas de fogo, organização criminosa e crimes ambientais.

    Na casa dos envolvidos, nos bairros Guarujá e Tributo, os policiais encontraram arma de fogo e munições irregulares, animais silvestres e pássaros presos em gaiolas e, ainda, documentos com indícios de falsificação. Também, brincos de identificação de bovinos, encaminhados ao Gaeco por ter ligação com os fatos investigados, celulares, uma arapuca e uma motosserra sem documentação.

    Os três detidos pagaram fiança e foram liberados. A Operação envolveu 45 policiais da Rede Rural de Segurança (RRS), Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), Rocam, Canil, Cavalaria, Polícia Militar Ambiental (PMA), Gaeco, e contou com o apoio Centro de Apoio Operacional Técnico do MPSC (CAT), e Instituto Geral de Perícias (IGP).

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas