O sorvete do Schmitt integra o rol de produtos que caracterizam Blumenau. É tão raiz quanto o pepino da Hemmer, a Torta Glória do Cafehaus, o bordado da Casa Meyer, a camiseta da Hering ou a cerveja artesanal. Se a cidade tem uma receita, o gelado cremoso do popular Sujinho é ingrediente indispensável.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

A despedida, aos 80 anos de idade, do senhor Euzebio Schmitt, nesta segunda-feira (10), enternece mais do que entristece. Porque a obra tão singela que ele deu a Blumenau seguirá no paladar e na memória gustativa da cidade inteira. Só por causa dele associamos a sorvete sabores como butiá, manjericão, abóbobora com coco e café com canela.

> Morre Euzebio Schmitt, dono do sorvete mais famoso de Blumenau

Tamanha inventividade precisa de mais reconhecimento. Um produto tão popular merece estar, por exemplo, nos desfiles da Oktoberfest Blumenau. Alguém precisa criar o Schmittwagen, o Carro do Sorvete. Para ontem!

Continua depois da publicidade

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Três anos depois, encosta de Blumenau que soterrou operários passa por obras

Oktoberfest Blumenau corre o risco de virar o fio no discurso moralista

Eleições 2022 transformam “coringa” Mário Hildebrandt em carta de menor peso

Reação de moradores de Blumenau surpreende empresa do City Tour

Destaques do NSC Total