nsc
nsc

Saúde

Pomerode suspende Festa Pomerana devido à pandemia de coronavírus

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
17/11/2020 - 16h25 - Atualizada em: 17/11/2020 - 16h28
Município pretende reagendar a festa para o período entre maio e junho
Município pretende reagendar a festa para o período entre maio e junho (Foto: Daniel Zimmermann, Divulgação)

A Festa Pomerana não será promovida em janeiro, como ocorre há 37 anos. A prefeitura de Pomerode decidiu suspender o evento devido ao avanço dos casos de coronavírus no Médio Vale do Itajaí neste fim de ano. Uma nova data deve ser agendada, provavelmente entre maio e junho de 2021. Se houver segurança para isso.

> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

Um dos principais destinos turísticos do interior catarinense, Pomerode já havia sido atingida em cheio pela pandemia. A Osterfest, Festa de Páscoa, teve a programação de 2020 seriamente prejudicada, entre março e abril. Depois, também foram cancelados o Festival Gastronômico, em julho, e o Pomerode Bierfest, em novembro.

> Confira o mapa do coronavírus em Santa Catarina.

Segundo o secretário de Turismo, Cláudio Krueger, o município vinha aguardando um posicionamento do governo estadual no sentido de permitir a realização de eventos com público.

— Como o espaço é predominantemente aberto, a gente ainda poderia avaliar. Mas isso não aconteceu, não tem perspectiva de mudança de portaria. A data-limite está muito próxima, então decidimos por bem adiar — explica.

A 38ª Festa Pomerana ocorreria de 13 a 24 de janeiro. Com o adiamento, a prefeitura de Pomerode trabalha com a possibilidade de promover o evento entre a segunda quinzena de maio e o mês de junho.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas