nsc
nsc

Cinco anos depois

Servidores de Blumenau são demitidos por usar e-mails de contribuintes em campanha eleitoral

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
17/05/2021 - 08h54 - Atualizada em: 17/05/2021 - 08h56
Ao todo, cinco servidores foram investigados
Ao todo, cinco servidores foram investigados (Foto: Divulgação)

Dois servidores municipais foram demitidos pela prefeitura de Blumenau após investigação interna concluir que usaram recursos públicos para beneficiar um candidato a vereador nas eleições de 2016. Conforme os autos, eles teriam copiado endereços de e-mail do sistema de nota fiscal eletrônica da prefeitura para disparar mensagens favoráveis a Jairo Santos, o mesmo que concorreu a prefeito pelo PRTB em 2020. Ele era o diretor da Praça do Cidadão.

> Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Os dois agentes administrativos usaram listas de emails de contribuintes para enviar propaganda. E criaram endereços como notafiscaleletronica@gmail.com para fazer o destinatário crer que se tratava de uma mensagem oficial do setor municipal.

O caso começou por uma investigação eleitoral. Ainda em 2017, sem ter mais chance de recurso, Jairo Santos foi condenado a pagar multa de R$ 5 mil. Com o término do processo na área eleitoral, sem haver chances de novos recursos, a prefeitura passou a investigar as responsabilidades administrativas.

Ao todo, cinco servidores foram incluídos na sindicância. Dois acabaram inocentados e dois foram demitidos como punição. Jairo teria o mesmo destino dos outros dois caso não houvesse deixado por opção própria o serviço público no ano passado. Hoje ele atua como advogado.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp.

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas