nsc
    nsc

    Praça pública

    Veja como ficará a Prainha depois da reforma, que começou nesta terça

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    18/08/2020 - 17h40 - Atualizada em: 18/08/2020 - 19h19

    O acesso de veículos e pedestres à Prainha, em Blumenau, foi fechado na manhã desta terça-feira (18) para o início das obras de reforma do espaço. Serão oito meses de reformulação, que deve transformar a paisagem na curva do Rio Itajaí-Açu, no bairro Ponta Aguda, e devolver ao blumenauense um espaço quase abandonado.

    > Clique aqui para receber notícias de Blumenau e região via Whatsapp.

    A construtora Obramaster começou a montar os tapumes para instalar o canteiro de obras. Segundo o diretor-geral da Secretaria de Obras, Michael Maiochi, os próximos passos serão demarcação, estaqueamento, enrocanamento e drenagem. Só depois virá a instalação das atrações que devem mudar a forma como a população se relaciona com o espaço.

    Acessos à praça foram fechados com tapumes nesta terça
    Acessos à praça foram fechados com tapumes nesta terça
    (Foto: )

    — Hoje a Prainha não tem uso, é uma área gramada e só. Vamos ter toda uma estrutura para espetáculos, shows, prática de esportes e contemplação do rio — prevê a diretora de Projetos Urbanísticos da Secretaria de Planejamento Urbano.

    Os quase R$ 4 milhões a serem investidos vieram do Ministério do Turismo. Confira na imagem abaixo como ficará a Prainha após a reforma. Amplie a planta baixa para visualizar áreas específicas e ler as legendas.

    Atrações

    Para quem está habituado a olhar para a Prainha e ver apenas um gramado, com árvores esparsas e o Vapor Blumenau, será uma mudança e tanto. Entre as atrações haverá:

    - Uma rampa desde a rua até o interior do Vapor Blumenau, que ficará dentro de um espelho d'água.

    - Um píer para jetskis e lanchas de pequeno porte.

    - Acesso de veículos, com estacionamento e a possibilidade de levar embarcações até o píer.

    - Arquibancada à beira do Itajaí-Açu para contemplação.

    - Pista de caminhada, mais longa que a antiga.

    - Playground

    - Área para a concessão de um quiosque.

    - Mirantes de contemplação do rio.

    - Concha acústica reformada.

    Disputa apertada

    A Obramaster venceu a concorrência para executar a reforma da Prainha em uma disputa acirrada. A construtora Stein havia apresentado a menor proposta ao município, mas acabou superada porque a concorrente reivindicou o benefício de ser Empresa de Pequeno Porte. 

    Conforme a legislação, quando a diferença entre as propostas é inferior a 10%, a empresa menor pode revisar a planilha para cobrir a oferta. Foi o que fez a Obramaster, reduzindo o valor em pouco mais de R$ 900 em relação à Stein.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas