Falta uma semana para o início da Série B. São três catarinenses na competição: Avaí, Chapecoense e Brusque. Cada um tem a sua realidade atual, tem a sua história no cenário nacional e, principalmente, cada um tem sua cobrança, interna e externa. Mas com o que mostraram até agora, o que se pode esperar de Avaí e Chapecoense na Série B nacional?

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade do WhatsApp de Colunistas do NSC Total

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Avaí e Chapecoense têm que brigar pelo acesso na Série B

Pode parecer uma grande incoerência para duas equipes que não se arrumaram no Estadual e que no ano passado brigaram para não cair para a Série C. Acontece que a cobrança interna e externa vai ser essa. Numa Série B, Avaí e Chapecoense têm que brigar pelo acesso. Até pela história que construíram na competição. A Chape foi campeã em 2020, o Avaí subiu em 2008, 2014, 2016, 2018 e 2021. Os dois clubes conhecem o caminho e a competição.

Continua depois da publicidade

Simon e mais! Ex-árbitros opinam sobre lances polêmicos da final do Catarinense

O problema é que a Chapecoense contratou 20 jogadores para começar o ano e não se acertou no Catarinense, ficando fora do mata-mata. Agora tem novo técnico e contratou mais oito reforços para a Série B. O trabalho vai ter que ser muito certeiro para dar resultado.

Morre Norton Flores Boppré, presidente do conselho deliberativo do Figueirense

E no Avaí, o time do Catarinense foi a segunda defesa mais vazada. Em nenhum momento o técnico Eduardo Barroca conseguiu tornar o time consistente. Houve uma melhora que não se sustentou nas semifinais. Tomando dois gols por jogo, o Avaí vai ter problemas na Série B – muitos problemas. A direção falou em mudar de 10% a 15% do grupo de jogadores para melhorar a equipe, mas a realidade é que saiu o zagueiro Douglas e chegou o lateral Marcos Vinícius. Mexidas que são pouco representativas.

Portanto, preparem-se. Para Avaí e Chapecoense a cobrança vai ser alta na Série B, mas os times entram a competição com mais pontos de interrogação do que certezas.

Confira os escolhidos da coluna para a Seleção do Catarinense 2024:

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total