A CBF marcou para o final do mês a reunião do Conselho Técnico do Brasileirão que vai discutir o problema vivido pelo clubes do Rio Grande do Sul e o impacto no futebol e no calendário. Acontece que dia 27 é o prazo final dos adiamentos já feitos dos jogos dos times gaúchos no Brasileirão. Em tese, vai ser discutida a possibilidade de paralisação do campeonato, por quanto tempo, e como fazer com o calendário.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade do WhatsApp de Colunistas do NSC Total

Avaí derrota o CRB e emplaca a 2ª vitória consecutiva na Série B

Dal Pozzo mantém 100% e Avaí, consistente defensivamente, vence o CRB

Acontece que dia 27 é muito tarde pra fazer isso. Era pra ser feito agora. A discussão na CBF para parar geral o Brasileirão por duas ou três rodadas teria que ser para parar agora. Imediatamente. Lá no dia 27, as equipes gaúchas já estarão mobilizadas para retomar, como declarou nesta terça o presidente do Juventude, Fábio Pizzamiglio, em entrevista à rádio Gaúcha Serra.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Marcando a reunião para o dia 27, a CBF “faz de conta” que pode, ou quer, ou admite, parar o Brasileirão. É um “me engana que eu gosto”. Na realidade não quer parar. A CBF está na contramão, apesar do discurso público e quase simpático (ou menos antipático) de atender o que os clubes decidirem. Já há maioria. Poderia ser feito agora. A Confederação está fazendo de conta que quer discutir seriamente a assunto.

Destaques do NSC Total