A bomba estourou no início da noite desta sexta-feira. O Avaí nunciou através de seus canais oficiais de comunicação a rescisão de contrato do atacante Denílson, um dos principais contratados da janela de reforços do meio do ano.

Continua depois da publicidade

Avaí prepara a defesa de Denílson para julgamento por expulsão com “cabeçada” relatada na súmula

O que consegui apurar e que não está no comunicado oficial do clube, mas ouvi de algumas fontes consultadas, é que o jogador “não respeitava ninguém”, que “tinha constantes discussões com os colegas de time e comissão técnica”, que “faltava a tratamento no departamento médico”, que já havia sido “descontado dia de trabalho”… um pacote de indisciplinas gerais. 

Receba notícias de Grande Florianópolis pelo WhatsApp

Mas a gota d’água foi no treinamento desta sexta, quando discutiu asperamente com o volante Gazão, quase partindo pra briga, e ofendeu o técnico Eduardo Barroca. 

Continua depois da publicidade

A semana já estava carregada, por conta da derrota de sábado que teve a expulsão do próprio Denílson, numa indisciplina contra a arbitragem, e com cobranças internas mais fortes como publiquei anteriormente

No entendimento interno, a “demissão” de Denílson também serve para manter a autoridade e a coesão do grupo no compromisso de manter o Avaí na Série B.

Destaques do NSC Total