nsc
    nsc

    Saúde

    Médico de Blumenau mostra em livro o lado humano do tratamento para obesidade

    Compartilhe

    Fernanda
    Por Fernanda Nasser
    19/02/2021 - 12h21
    Médico Felipe Koleski
    Médico Felipe Koleski (Foto: Jefferson Silva dos Santos)

    Em "Histórias de Peso – A obesidade como ela é", o médico Felipe Koleski, de Blumenau, relata sentimentos que se manifestam na busca pela perda de peso e narra a própria história ao se submeter à cirurgia bariátrica.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    A obesidade afeta 30,2% das mulheres e 22,8% dos homens no Brasil, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) divulgada no ano passado pelo IBGE com dados de 2019, mas no relacionamento com a balança cada pessoa tem uma história única que deve ser respeitada. É o que mostra Felipe nesta obra, lançada em fevereiro de 2021, pela Vigia Editora, de Santa Catarina.

    Através da observação e dos relatos no convívio com os pacientes portadores de obesidade, o cirurgião bariátrico com atuação em Blumenau aproveitou a pandemia para produzir o livro, que também fala sobre a própria experiência do autor, que após vários tratamentos na tentativa de perder peso, se submeteu à cirurgia, há dois anos.

    As histórias narradas no livro trazem diferentes roteiros, mas em todas fica evidente o olhar do médico que vê o ser humano, e não só um paciente.

    — No livro procuro deixar duas mensagens principais. A primeira é que a obesidade não tem uma causa única e ninguém é obeso porque quer — explica o autor, que cita fatores hereditários, culturais e outras disfunções do organismo como fatores que desencadeiam o ganho de peso.

    — E a segunda é que todos precisamos entender a obesidade para combater o preconceito e rever padrões que associam beleza a magreza, pois isso nem sempre quer dizer saúde — acrescenta.

    Para quem se interessar, a obra está disponível em Blumenau e Vale do Itajaí na Livraria Blulivro da Rua XV de Novembro e do Shopping Park Europeu.

    Aos interessados no procedimento, fica a super dica!

    Mais colunistas

      Mais colunistas