publicidade

Navegue por
Fernanda

Ping-pong

Perfil: Conheça Kaká Lobe, uma blumenauense dedicada à causa do autismo

Compartilhe

Por Fernanda Nasser
21/09/2018 - 16h32 - Atualizada em: 21/09/2018 - 16h32
Foto: Patrick Rodrigues

Kaká Koerich Busch Lobe nasceu em Florianópolis e atualmente reside em Blumenau. Se formou em Direito e é especialista em Direito Contratual pela PUC-SP e em Direito Constitucional pela LFG. Comandou o departamento de Planejamento Sucessório no escritório Choaib & Paiva na cidade de São Paulo até 2004, e depois o departamento jurídico da W. Koerich em Florianópolis até o ano de 2008.

Hoje em dia ela se dedica inteiramente à família e na causa do autismo. Está casada há 13 anos com André Lobe, e o casal tem dois filhos: Pedro com 10 e Matheus com cinco. Sua vida mudou quando descobriu que Matheus foi diagnosticado com autismo e hoje faz um trabalho bacana através de seu site, o Autistólogos, com parcerias e muita divulgação.

Hobby: Tanto meu trabalho, como também o meu hobby é estudar, escrever e falar sobre autismo!

Música: Difícil escolher uma! Adoro fazer playlists e no momento a minha favorita é Sunshine do Cat Dealers.

Lugar preferido: Amo viajar e não paro quieta, mas meu lugar favorito é, sem dúvida, a minha casa!

Restaurante que curte: Tenho paladar infantil, não curto muito comida sofisticada. Eu diria Kobe, em Praga, onde comi o melhor cheeseburger da minha vida!

Ser mãe: É aprender muito mais do que ensinar! É amar, amar, amaaaaar!

Sobre o Autistólogos: Quando recebi o diagnóstico do Matheus, em 2014, tinha uma visão totalmente distorcida e ultrapassada sobre o Autismo! Fiquei sem chão, desesperada!

Mesmo após meses de pesquisa e leitura, não conseguia encontrar nada que me desse um caminho! Havia milhares de depoimentos, estudos sobre as causas, sintomas, mas nada sobre Tratamento! Não encontrava respostas sobre o que eu poderia fazer para estimular meu filho, nem tampouco qualquer perspectiva sobre recuperação ou melhora! Me esbarrava sempre com a frase: “Autismo não tem cura”!

Cerca de 6 meses depois, conhecemos a Mayra Gaiato (São Paulo), atualmente o maior nome do tratamento do Autismo no Brasil, mas que na época era pouco conhecida! Assim que começamos a ser instruídos por ela, realizando a maior parte das terapias em casa, inicialmente por mim mesma, o Matheus teve uma evolução incrível! Começou a falar, interagir, deu um salto no seu desenvolvimento! Foi quando me senti impelida a divulgar vídeos e dicas mostrando como funciona esse tratamento - que exige exaustiva dedicação, mas que é relativamente simples e que pode mudar o futuro de tantas crianças! Foi aí que surgiu o www.autistologos.com.

Dois anos depois, o neurologista que acompanhava o Matheus, Dra. Erasmo Casella (Hosp. Albert Einstein) lhe deu alta! Ele Saiu do Espectro do Autismo, ou seja, eliminou grande parte dos sintomas, persistindo apenas características muito leves, que não prejudicam mais seu desenvolvimento. Foi o dia mais feliz da minha vidaaaaa!!!!

Sair do Espectro não é algo comum, mas deixou ainda mais clara a efetividade do tratamento. A partir daí, minha luta se tornou ainda maior! Em novembro do ano passado criei também o IG @autistologos_autismo, divulgando notícias e dicas mais rápidas e fáceis de acessar!

Qual o trabalho que fazem: Divulgar a importância do diagnóstico precoce, do envolvimento dos pais, os Direitos das Pessoas com Autismo e, principalmente - que Autismo não tem cura, mas tem tratamento!

Quem pode colaborar e como: A maior contribuição é propagar a informação. Infelizmente até mesmo grande parte dos profissionais não está atualizada, acabam fazendo o diagnóstico tardiamente. E o pior, muitas vezes limitam o tratamento ao uso de medicamentos. O mais recomendado são as terapias comportamentais (Aba/Denver), pelo menos 15h semanais, Fonoaudiólogo, Terapia Ocupacional e outros.

Qual o maior objetivo da causa e os planos para o futuro: Tornar o tratamento do Autismo acessível a todos! Esse é meu sonho e minha luta!

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação