nsc
    nsc

    4,5 milhões de inscritos

    Youtuber joinvilense de 21 anos está entre os mais famosos do país na área de games

    Compartilhe

    Fernanda
    Por Fernanda Nasser
    01/07/2019 - 15h53 - Atualizada em: 01/07/2019 - 15h54
    João Sampaio/Flakes Power
    João Sampaio / Flakes Power
    (Foto: )

    O que para muitos é pura diversão, para o joinvilense João Sampaio virou um trabalho sério. O Flakes Power, como é conhecido na internet, figura hoje no hall dos youtubers de games mais famosos do país. Aos 21 anos, ele tem um canal com mais de 4,5 milhões de inscritos. Agora, além do canal, o catarinense está em turnê por várias cidades do Estado com o evento Arena Flakes Power. Depois de passar por Criciúma e Joinville, o projeto chega nesta quarta-feira, dia 3 de julho, em Blumenau no Norte Shopping, que prepara uma grande estrutura para receber o gamer e seus fãs. Em agosto ele também estará na Grande Florianópolis, no Continente Shopping. O evento em Blumenau é aberto ao público e tem início marcado para 19 horas.

    O canal no YouTube do Flakes Power, que hoje tem uma média de 30 milhões de visualizações por mês, surgiu meio por acaso. “Tudo começou quando eu conheci o Clash Royale, que é um jogo para celular. Eu tava indo muito bem no jogo sem gastar dinheiro, e nessa época todo mundo achava que a única maneira de progredir no jogo era gastando dinheiro de verdade. Como eu tava me dando bem, comecei a passar dicas para a galera. A ideia inicial era simplesmente explicar minha estratégia para se dar bem no jogo sem gastar nada”, explica. A partir daí ele soltou o primeiro vídeo, o pessoal gostou e o canal foi ganhando mais vídeos e mais fãs.

    Há menos de três anos no ar, o canal se consolidou como uma referência para quem joga Fortnite no Brasil. Mas vai muito além disso, como explica Flakes. “A proposta hoje não é exatamente dar dicas de Fortnite, a ideia é focar em entretenimento e, ao mesmo tempo que eu jogo, eu acabo dando dicas”, comenta. Na opinião do youtuber, divertir o público é um dos diferenciais do canal e o que o tornou um grande sucesso. 

    No evento, que tem atraído milhares de fãs por onde passa, o youtuber conta um pouco sobre a sua trajetória, faz diversas brincadeiras e ainda joga ao vivo com alguns sortudos que são desafiados a subir na arena. Em entrevista à coluna, Flakes conta mais detalhes desse evento, comenta sobre o conteúdo do seu canal, da recente experiência fora do Brasil e dos planos futuros.

    Hobby – Assistir série.

    Lugar Inesquecível – Colônia, na Alemanha.

    Música – ‘High hopes’, da banda Panic! At the Disco.

    Mania – É tanta mania que nem cabe aqui...

    Filme – O Senhor dos Anéis.

    Não vive sem – Ar-condicionado.

    Caos – Lugar muito pequeno e desorganizado.

    Comida preferida – Hambúrguer.

    Cidade que moraria – Qualquer lugar na Alemanha.

    Planos para o futuro – Transformar o canal em uma marca!

    Frase – Que budega!

    Você criou um evento chamado Arena Flakes Power para interagir com o público ao vivo. Qual o objetivo e como funciona?

    A proposta é fazer com que o público se sinta mais próximo da gente, porque é muito gratificante conhecer o pessoal que acompanha o canal pessoalmente. É uma experiência muito legal porque é muito difícil visualizar que cada número que aparece no YouTube é uma pessoa de verdade, e nesse evento a gente consegue ter esse contato direto com o público. A gente monta uma arena com quatro computadores gamers, eu convido a galera que está no evento para jogar Fortnite comigo, em que a gente pode fazer um “squad” e jogar no palco e com um telão para todo mundo poder acompanhar. Isso é muito, muito irado! A gente também faz vários sorteios, rolam algumas brincadeiras no palco como concurso de dança e eu tiro foto com todo mundo que está lá.

    Um dos focos do seu canal é o game Fortnite. Como você lida com um público adolescente, que tipo de cuidado tem com o conteúdo dos vídeos?

    O Fortnite é muito legal porque ele realmente tem uma pegada mais lúdica, diferente de outros jogos. E no canal, por exemplo, eu não falo palavrão porque eu sei que tem muita gente mais nova que assiste. Quando comecei o canal meus priminhos assistiam e justamente por isso eu sempre evitava ao máximo falar palavrões para que eles não aprendessem isso vendo os meus vídeos. Hoje o canal é 100% zerado de palavrão e é ‘Family Friendly’, que é o termo usado para definir um conteúdo feito para toda a família. E eu tento sempre fazer comentários positivos e passar mensagens legais pra acrescentar algo para o público e para que qualquer pessoa possa assistir ao conteúdo.

    O que você diria para tranquilizar os pais dos adolescentes que jogam esse jogo e acompanham o seu canal? 

    O Fortnite é muito legal porque não é um jogo violento, ele é todo cartunizado, então quando você solta um tiro em vez de sangue soltam faíscas. E tu joga com personagens totalmente lúdicos, então é uma pegada bem de brincadeira mesmo e isso é bem legal. É muito bom pra molecada jogar porque estimula muito o reflexo, o raciocínio lógico e comunicação em equipe. E como tem opção de jogar com squad, tu acaba conhecendo pessoas de outros cantos do Brasil e do mundo. 

    Recentemente você participou de um torneio em Los Angeles. Como foi essa experiência internacional?

    Eu estive há poucos dias em Los Angeles em um torneio beneficente da Epic Games, para o qual eles convidam 50 jogadores profissionais e colocam esses jogadores em dupla com alguma celebridade que joga Fortnite. É muito legal porque todo dinheiro que a gente ganha de premiação é destinado à caridade, e nesse último campeonato eu arrecadei R$ 40 mil que eu vou doar para uma entidade assistencial de Joinville. Foi uma experiência muito legal também porque eu joguei com o Douglas Costa (jogador de futebol da Seleção Brasileira e que atua como atacante do Juventus), e conheci pessoas que dificilmente eu conheceria fora desse campeonato.

    Quais são os seus planos daqui para frente? 

    Esse ano ainda vou participar de vários projetos, tem muita coisa legal vindo por aí. Fui convidado inclusive para participar de um filme sobre o ‘Mamonas Assassinas’ e isso vai ser uma experiência muito legal porque eu nunca atuei na minha vida, e eu tô doido para ver o resultado. E a Arena Flakes Power com certeza é um projeto muito grande pra esse ano e pro ano que vem também, a gente tem planos de expandir para outros Estados. E estamos agora para lançar a minha linha de periféricos gamers que envolve teclado, mouse, headset, é um projeto muito legal e que vai ter grande importância no nosso calendário.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas