nsc
    nsc

    Amigos do Bolshoi

    Bolshoi Brasil apresenta Gala Amigos on-line nesta quinta-feira

    Compartilhe

    Gerson
    Por Gerson Junior
    23/09/2020 - 05h00
    Gala Amigos do Bolshoi
    Gala Amigos do Bolshoi já faz parte do calendário anual de apresentação da escola, e neste ano terá exibição online. (Foto: Nilson Bastian)

    Um espetáculo inédito, em homenagem aos seus patrocinadores. Esta é a ideia do “Gala Amigos”, que ocorre todos os anos no Teatro Juarez Machado, e terá sua primeira versão on-line, com transmissão pelo canal do YouTube ‘Escola Bolshoi Brasil’, nesta quinta-feira, dia 24, a partir das 20h.

    Este evento já faz parte do calendário anual da instituição, pois segundo a instituição é uma oportunidade de agradecer e homenagear os Amigos do Bolshoi, pelo valor da responsabilidade social e pelo compromisso que assumem com a Escola em ajudar a transformar vidas e semear esperança para um futuro melhor.

    Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia.

    “Sem essa contribuição não seria possível continuarmos com a nossa missão de formar artistas-cidadãos”, comentou o presidente da Escola Bolshoi, Valdir Steglich.

    Na programação, além do merecido reconhecimento prestado a todos que ajudam a Escola, bailarinos da Cia. Jovem sobem ao palco para uma programação repleta de arte, com trechos de balés clássicos de repertório.

    No ano em que a Escola Bolshoi comemora 20 anos de história, são muitos os motivos para celebrar e muitas conquistas para compartilhar. A mudança de centenas de vidas só é possível graças ao apoio de todos aqueles que acreditam no projeto e pelo trabalho realizado por uma equipe dedicada e comprometida com a transformação social de seus alunos.

    O resultado pode ser visto pelo mundo, onde brasileiros formados pela Escola, que por terem essa formação técnica de excelência, alcançaram o mercado da dança no mundo, mais precisamente, atuando hoje, em 21 países (incluindo o Brasil), nos cinco continentes.

    Dos mais de 360 formados na instituição, 75% estão empregados, muitos como primeiros bailarinos de grandes companhias, e são provedores das suas vidas e contribuem com suas famílias.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas