nsc
nsc

HEMOSC 

Eu dou o sangue

Compartilhe

Laine
Por Laine Valgas
10/02/2020 - 08h30 - Atualizada em: 10/02/2020 - 08h54
sangue
(Foto: Divulgação)

Já estamos em clima de carnaval e, se tem preparo para folia, tem que haver também para prevenção. Bom lembrar que este é um período considerado crítico nos Hemosc's de todo o país, em função da ausência de doadores voluntários e aumento da demanda por bolsas.

Por isso, já está nas ruas a Campanha "Eu dou o Sangue", que está em busca de doadores para ajudar no abastecimento dos bancos de sangue de todo o Brasil. A campanha, que acaba de começar, vai até 20 de fevereiro - véspera do Carnaval. A expectativa é alcançar até 6 mil doadores externos, que se somariam aos mais de 9 mil funcionários do Santander Brasil ( autor da Campanha) que doaram na última edição de 2019.

O objetivo é ampliar a base de participantes na ação e divulgar a importância do tema. Atualmente o índice de pessoas que doam sangue constantemente no Brasil é de 1,8%, percentual que pode ser aumentado para até 3%, segundo indicação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Quatro vidas

sangue
(Foto: )

O tempo médio de doação é de 40 minutos e a cada bolsa de sangue doada, é possível salvar até quatro vidas. Somando todas as quatro edições e, considerando essa conta, o Santander calcula que já foram salvas mais de 122 mil. Para orientar os interessados em doar, o Banco criou um site.

Nele é possível encontrar todas as condições gerais, de saúde e de comportamento, necessárias para realizar uma doação - também é possível fazer a busca de hemocentros em todos os estados do Brasil. 

Deixe seu comentário:

Laine Valgas

Colunista

Laine Valgas

Quem faz a diferença e dá exemplo na Grande Florianópolis ganha destaque especial da Laine Valgas.

siga Laine Valgas

Últimas do colunista

Loading interface...
Laine Valgas

Colunista

Laine Valgas

Quem faz a diferença e dá exemplo na Grande Florianópolis ganha destaque especial da Laine Valgas.

siga Laine Valgas

Mais colunistas

    Mais colunistas