nsc
nsc

Mudanças

As dificuldades impostas pela pandemia são para todos, mas a reconstrução pode ser para poucos

Compartilhe

Leo
Por Leo Coelho
24/08/2020 - 09h46 - Atualizada em: 24/08/2020 - 09h54
New York pode ser uma das cidades mais afetadas pela pandemia
New York pode ser uma das cidades mais afetadas pela pandemia (Foto: pixabay/divulgação)

A pandemia gerou uma crise global. Praticamente o mundo inteiro foi afetado. As dificuldades são imensas. Porém, a reconstrução é necessária e possível.

O blogueiro de Nova York, Fred Wilson, descreveu um pouco a realidade da metrópole durante essa pandemia. Segundo ele, há muita negatividade em Nova York no momento. Por acreditar na cidade e numa grande mudança, isso o faz querer sair e comprar uma tonelada de ações de Nova York agora.

Mas nem todo mundo aposta nessa virada. Leia o polêmico texto de James Altucher, afirmando que New York está morta para sempre.

No momento, muitas pessoas talentosas estão deixando a cidade. Isso porque NYC está sofrendo com o aumento da criminalidade, sujeira, além de sérios problemas financeiros.

Os imóveis comerciais estão enfrentando uma grande crise e os imóveis residenciais não ficam muito atrás. As receitas fiscais imobiliárias – que fornecem grande parte da receita da cidade – diminuirão, criando uma crise fiscal ainda mais difícil para Nova York. As perspectivas de curto prazo para Nova York são sombrias.

Quando as empresas passam por essa situação e os preços de suas ações são derrubados, você deve se perguntar se a empresa vai fechar ou não. Se a resposta for não, a questão é: qual é o preço de entrada correto?

NYC não vai fechar as portas. Vai precisar de uma reviravolta, de uma nova liderança, que vai conseguir. A pandemia vai acabar. Os restaurantes, museus, broadway, boates, etc... serão reabertos.

Mas, segundo Fred Wilson, não será a mesma Nova York que existia antes da pandemia, e isso é uma coisa boa. O blogueiro afirma que Nova York tem sido decepcionante na última década, ou mais.

O fato é que os aluguéis serão menores (talvez muito menores). Os artistas poderão morar em NYC novamente.

A pandemia está oferecendo a oportunidade de reimaginar o que Nova York pode ser.

É possivel reimaginar transportes, escolas, policiamento, habitação, construção, criando uma NYC ambientalmente sustentável, mais acessível, muito melhor.

Por fim, o blogueiro diz que a primeira coisa que precisa acontecer é que todas as pessoas que estão com medo dessa mudança partam, para assim aqueles que ficarem, se unam e criem uma Nova York melhor. Felizmente, segundo Wilson, isso está acontecendo.

Leo Coelho

Colunista

Leo Coelho

Referência no segmento social e com vasta experiência no mercado, o jornalista traz informações relevantes e exclusivas sobre Florianópolis. Notícias de bastidores da sociedade, círculos de influência, curiosidades, frases e causos. Os olhos e ouvidos da NSC na Capital catarinense.

siga Leo Coelho

Leo Coelho

Colunista

Leo Coelho

Referência no segmento social e com vasta experiência no mercado, o jornalista traz informações relevantes e exclusivas sobre Florianópolis. Notícias de bastidores da sociedade, círculos de influência, curiosidades, frases e causos. Os olhos e ouvidos da NSC na Capital catarinense.

siga Leo Coelho

Mais colunistas

    Mais colunistas