nsc
    nsc

    Reunião

    Acij, Fiesc e prefeitura alinham iniciativas para o desenvolvimento de Joinville

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    05/08/2020 - 18h18
    foto mostra empresários e políticos reunidos
    Duplicação do eixo industrial e do trecho urbano da rua Dona Francisca e abertura da Almirante Jaceguay e do Eixo K estão entre as prioridades apontadas na reunião (Foto: Acij/ Divulgação)

    Em reunião realizada nesta quarta-feira (5), a Acij – Associação Empresarial de Joinville, a Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina) e a Prefeitura de Joinville apresentaram projetos para o desenvolvimento da cidade. O objetivo foi alinhar iniciativas em andamento e convergir esforços para que os projetos sejam concretizados no menor tempo possível.

    Participaram do encontro, realizado na sede da Acij, o presidente da entidade, Marco Antonio Corsini; o prefeito Udo Döhler; o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar; o vice-presidente da Fiesc para a região Nordeste, Evair Oenning; e o diretor executivo da Acij, Marcos Krelling.

    O presidente da Acij falou sobre a aproximação com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, para garantir a entrega da duplicação do eixo industrial (avenidas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister). Outras prioridades são a duplicação do trecho urbano da rua Dona Francisca, abertura da Almirante Jaceguay e Eixo K. Agenda prevista para o dia 14 vai reunir Acij, governo e Prefeitura para o encaminhamento destes projetos.

    — Infraestrutura é uma das bandeiras históricas da Acij. Vamos contribuir para entregar este legado à comunidade — afirmou Corsini.

    O presidente da Fiesc falou sobre o projeto para a área do antigo Moinho Joinville, adquirida por Sesi/Fiesc em julho do ano passado. O projeto prevê centro educacional, centro de inovação, museu da indústria e áreas de capacitação, além de espaços culturais e de lazer.  

    — Por ser a cidade mais industrializada e que mais contribui para o Sistema Fiesc, Joinville merece este investimento — disse Aguiar.

    O prefeito Udo Döhler falou da satisfação em ver iniciativa privada e poder público em sintonia e colocou o Executivo à disposição para fazer estes projetos acontecerem.

    — Além de ser uma reunião de trabalho com encaminhamentos bem definidos, esta agenda na Acij simboliza esta parceria entre o poder público e o setor produtivo.

    O presidente da Acij aproveitou o encontro para fazer um balanço das ações sociais articuladas pela entidade para ajudar na gestão da crise sanitária causada pela Covid-19. Além de atuar fortemente nos protocolos de segurança nos ambientes de trabalho, a entidade articulou doações que resultaram em importantes reforços para a rede pública de saúde, equipamentos de proteção individual para as equipes médicas, respiradores, centro de triagem de casos suspeitos e 83 novos leitos para o Hospital São josé — 53 já em atividade, com parte destinada à UTI, e outros 30 que serão entregues no dia 15 de agosto.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas