nsc

publicidade

Nova data

Faltou quórum na assembleia de credores da joinvilense Wetzel 

Compartilhe

Loetz
Por Loetz
06/11/2019 - 13h11

A primeira convocação de assembleia geral para inclusão de termo aditivo à recuperação judicial da Wetzel S/A, em Joinville, não teve quórum mínimo de credores nesta quarta-feira, dia 6 de novembro de 2019. Assim, a votação da proposta para criar uma unidade produtiva isolada, com objetivo de melhorar a mecânica de vendas de 38 imóveis já oferecidos aos credores no atual plano de recuperação da companhia, fica para a segunda chamada, no dia 13 de novembro, no Hotel Tannenhof, às 10 horas, quando a alteração deve ser votada independente da quantidade de presentes.

A conclusão da votação neste dia 6 não foi possível em virtude das regras da recuperação judicial, que preveem que na primeira chamada de assembleia, devem estar presentes no mínimo 50% de cada classe de credores. No caso da votação do termo aditivo da Wetzel, compareceram 64% dos credores de garantia real, 25% dos quirografários e 6% dos credores de microempresas e empresas de pequeno porte. Estavam dispensados da assembleia os credores trabalhistas e quirografários com créditos de até R$ 5 mil, que já tiveram seus valores contemplados.

A assembleia foi organizada pela Gladius Consultoria, empresa nomeada judicialmente para administrar o pedido de recuperação da companhia, responsável por convocar a segunda assembleia na semana que vem.

Deixe seu comentário:

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade