nsc
nsc

Inovação

Fapesc participa de criação de cluster para construção de navios autônomos

Compartilhe

Loetz
Por Loetz
04/12/2020 - 13h17
Estaleiro em Itajaí
Estaleiro instalado em Itajaí (Foto: Diorgenes Pandini, Arquivo NSC Total)

O Brasil quer entrar na corrida mundial para a produção de navios autônomos, geridos por inteligência artificial. A mudança de rota na indústria nacional será possível com a criação de um cluster que envolve empresas e entidades. Santa Catarina terá papel de destaque no desenvolvimento dessa nova tecnologia. É o que aponta a reunião realizada virtualmente na terça-feira, 1º, com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Segundo o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Zabot Holthausen, o Estado está na vanguarda com um ambiente favorável para desenvolvimento de inteligência artificial e da internet das coisas, que serão bases para a criação desses navios.

O polo náutico no Estado se localiza na região de Itajaí e Navegantes, onde há vários estaleiros Neste ambiente, o presidente da Fapesc argumenta:

- Temos uma excelente densidade de startups, criamos uma importante articulação entre governo, universidades e setor empresarial, fizemos importantes investimentos, com a criação dos centros de inovação e conseguimos formar profissionais de excelência dentro de nossas universidades.

Plataforma será gratuita

A proposta de formação do cluster foi apresentada no ano passado e agora está saindo do papel. O cluster nacional de inteligência artificial para navios será uma plataforma gratuita para fortalecer a produção de tecnologias e facilitar parcerias.

O grupo de entidades e empresas vai discutir ainda as diretrizes para criação e implantação de modelo no país. A mudança poderá impactar não apenas o sistema de logística brasileiro, como também as estratégias de defesa nacional.  

Estaleiros catarinenses já estão construindo quatro corvetas. O Estado tem condições de ampliar esse mercado, caso as decisões do cluster resultem na ampliação da indústria nacional. A Fapesc vai contribuir nesse contexto com a formação de recursos humanos e incentivo a novas pesquisas em Santa Catarina.

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Mais colunistas

    Mais colunistas