nsc
    nsc

    Inadimplência

    Joinvilenses ainda pagam suas contas em dia, mostram dados do SPC

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    17/06/2020 - 10h16 - Atualizada em: 17/06/2020 - 10h18
    Dinheiro

    A crise derivada do coronavírus (Covid-19) ainda não alcançou as contas dos joinvilenses nos cinco primeiros meses deste ano. Ao menos, os dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) fornecidos pela Câmara de Dirigentes Lojistas local indicam expressiva queda, tanto do número de registros de inadimplentes, como no total de cancelamentos realizados.

    > Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

    Aos números. De janeiro a maio de 2019, o SPC anotou 17.689 CPFs registrados como inadimplentes. Em igual período de 2020, o total mal passou de 11 mil: exatamente 11.004. A diminuição é significativa: menos 6.695.

    A mesma tendência se vê nos números dos cancelamentos. Nos cinco meses iniciais de 2019 foram feitos 19.621 contra 13.485 verificados de janeiro a maio deste ano. A diferença é de 6.136. A conclusão: os joinvilenses mantém pagamentos de crediário em dia, mas já estão mais cautelosos com a criação de novas contas para pagar.

    A variação mensal de um ano para outro, dos registros, aponta pra quedas superiores a 50% nos meses de abril e maio de 2020 em comparação com os mesmos meses do ano passado. E mesmo em fevereiro e março o levantamento do SPC anota diminuições percentuais maiores de 48% e 31%, respectivamente. Apenas em janeiro foi observada alta nos registros: de 10% no caso.

    Importante acompanhar o que virá nos próximos meses. Porque, como a onda massiva de suspensão de contratos de trabalho e de demissões aconteceu a partir de março-abril, é absolutamente certo de que a crise financeira das famílias vai se dar no segundo semestre. Exatamente quando as reservas forem minguando e o pagamento do seguro-desemprego terminar.

    ​> Receba notícias de Joinville e da região Norte de SC por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do AN

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas