nsc
    nsc

    Marca de Joinville

    Joinville deve ganhar nova marca turística após estudo

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    22/09/2020 - 10h36
    Estudo busca posicionamento turístico para a cidade
    Joinville se aproxima de 20 anos sem título turístico (Foto: Salmo Duarte, A Notícia)

    O Sebrae lidera o projeto de Place Branding de Joinville, que tem por objetivo criar uma nova marca para a cidade e estabelecer estratégias para o seu reposicionamento como destino turístico. O trabalho tem o apoio do Joinville e Região Convention & Visitors Bureau. Sim, Joinville já foi a cidade das bicicletas; a cidade das flores; a Manchester catarinense - e já faz pelo menos duas décadas - não tem uma marca que a caracterize, e que seja forte a ponto de ser reconhecida nacionalmente. Mais recentemente se tenta impor Joinville como cidade da dança, mas como, se ela, a dança se circunscreve a um evento privado anual de dez dias, e a uma excelente, porém única escola mundialmente conhecida, o Bolshoi?

    > ​Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Joinville merece, sim, ganhar uma nova marca, uma marca que reúna o que somos de uma maneira mais ampla, e que divulgue e conecte Joinville com públicos diversificados dentro e fora de Santa Catarina.

    Mais de 150 pessoas estão participando da formatação da marca em reuniões virtuais sobre diferentes aspectos. Identificar características de Joinville e como ela poderia se tornar são elementos que compõem o estudo, a partir das opiniões de cada participante. O modelo também permite o surgimento de uma persona de Joinville; quer dizer, identifica atributos que mais se aproximam do que é o joinvilense padrão. No caso, são apresentadas características, como idade, profissão, gostos.

    > Turismo rural: conheça opções para visitar em Joinville

    Essa identificação ocorre após ter sido feito amplo debate sobre quais são as atitudes mais comuns das pessoas que compõem as diversas gerações de joinvilenses, e de como eles influem no dia-a-dia dos moradores da cidade.

    Entre os participantes do Place Branding Joinville há empresários e representantes de entidades dos mais diversos setores, tais como indústria, comércio, tecnologia, ensino superior, transporte, imprensa, cultura, gastronomia, saúde, entre outros.

    Com formato participativo e inclusivo, o projeto promove encontros virtuais onde são abordadas diferentes temáticas que irão fundamentar a construção da marca da cidade, valorizando seus pontos fortes, vocações e potenciais.

    > Coronavírus em Joinville: setor de turismo e eventos analisa como enfrentar crise

    Já aconteceram três reuniões virtuais, dos quais surgiram o mapa de valor - o que Joinville é; o que não é; o que poderá vir a ser; e o que não se deseja para a cidade. Em outra etapa, os participantes ajudaram a construir o mapeamento de stakeholders, que define os públicos com os quais Joinville deseja se comunicar.

    O próximo passo será o mapeamento de estratégias mercadológicas e de destino. A expectativa, é de que o trabalho seja concluído em novembro. Como resultado, o projeto de Place Branding promete entregar não apenas a marca de Joinville como território e destino turístico, mas, também, um conjunto de estratégias que ajudarão a potencializar a divulgação da cidade e reposicioná-la como destino turístico.

    > VÍDEO: Turismo de Joinville lança nova marca e filme de promoção à cidade

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas