nsc
    nsc

    Aquecimento global

    Malwee participa da Conferência do Clima, em Madri, na Espanha

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    05/12/2019 - 13h20 - Atualizada em: 05/12/2019 - 16h11
    Executiva da Malwee fala em congresso (Foto: divulgação)
    Executiva da Malwee fala em congresso (Foto: divulgação)

    A Malwee representa o setor de moda brasileiro na COP-25 – a Conferência do Clima da ONU, em Madri, na Espanha. Referência em sustentabilidade no Brasil, a empresa apresenta dois cases que abordam seu pioneirismo e contribuições na implementação de iniciativas sustentáveis na indústria têxtil. A head de sustentabilidade da companhia, Taise Beduschi, compartilhou, nesta quinta-feira, dia 5, as experiências da empresa em painel que tratou sobre o enfrentamento ao aquecimento global. Nesta sexta-feira, dia 6, Taise participa de mais um painel, sobre o engajamento do setor privado no desenvolvimento de uma agenda sustentável.

    A Malwee foi a primeira marca de moda brasileira a assinar, em outubro deste ano, o termo de compromisso da campanha global Business Ambition for 1.5°C: Our Only Future, lançada pela ONU.

    A iniciativa busca engajar empresas de todos os países com a meta de limitar o aumento da temperatura média mundial a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais, e chegar ao objetivo de zero emissão de gases de efeito estufa antes de 2050. No Brasil, Malwee, Natura e Klabin foram as primeiras empresas a assinar o compromisso, unindo-se a outras 87 empresas globais signatárias.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas