O parque tecnológico Ágora Tech Park, localizado no Perini Business Park, em Joinville, vai completar dois anos no domingo (28) com inauguração de dois prédios – MOB e Date – e com a perspectiva de construir outros seis nos próximos oito anos. Um dos prédios, o Ágora MOB terá capacidade para 30 novas operações e larga com 65% de ocupação.

Continua depois da publicidade

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

No MOB estarão presentes empresas de tecnologia e de diversos outros segmentos com um objetivo em comum: usufruir do ambiente de inovação e conexão com startups, mentores e investidores para desenvolver projetos de open innovation e inteligência estratégica, além de expansão comercial.

É o caso da Schulz (maior fabricante de compressores de ar da América Latina), da startup Transfeera, da multinacional de engenharia Buhler e da desenvolvedora de ERPs Sanhkya, entre outras. Também irão para este espaço operações de smart clinic do Hospital Sadalla Amin Ghanem e outra da Clamed.

> Nidec investe R$ 100 milhões na unidade de compressores de Joinville

Continua depois da publicidade

Com o segundo prédio pronto, o parque tecnológico já ocupa 14 mil m2. O planejamento da equipe liderada pelo diretor executivo Jean Vogel prevê a inauguração do  terceiro prédio em 2023, daqui a dois anos. Assim, gradativamente, Joinville vai ganhando cada vez mais força no ecossistema de tecnologia e novação, tanto em Santa Catarina, como no país.

– Nós entendemos que o ecossistema se constrói na diversidade de tipos de empreendimentos. Mais do que prédios, estamos ajudando a construir a economia digital do futuro, posicionando a região no mapa de inovação e ajudando a formar novos empreendedores – argumenta Jean Vogel.

> Joinville anuncia medidas para auxiliar setores econômicos afetados pela pandemia

– O Ágora veio para ser um conector do ecossistema de inovação e tecnologia em Joinville, envolvendo a iniciativa privada, a academia e o poder público. Com isso, o potencial de desenvolvimento local se multiplica – o que torna o ambiente atrativo tanto para empresas quanto para profissionais, estudantes e investidores – explica Marcelo Hack, CEO do Perini Business Park.

Destaques do NSC Total