nsc
    nsc

    Economia

    SCGás anuncia investimentos de R$ 400 milhões até 2024

    Compartilhe

    Loetz
    Por Loetz
    26/02/2021 - 08h14
    Gás natural
    Rede de gás natural (Foto: Divulgação)

    A SCGás tem projetos definidos de ampliação de fornecimento de gás natural até 2025. Os recursos serão aplicados para abastecer municípios da região da Serra e do Planalto Norte de Santa Catarina.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    Fundada há 27 anos, a companhia atende, atualmente, 65 cidades catarinenses e quase 17 mil clientes: indústrias, residências, comércios e postos, além dos quase 110 mil veículos movidos a GNV e emplacados no Estado. No total, a empresa pretende  aplicar R$ 400 milhões até 2024, como definido no plano plurianual de negócios. A meta de chegar a 80 cidades.

    A empresa iniciou o fornecimento de gás ao mercado em 2000 e, hoje tem 1.260 quilômetros de rede implantada. Com os investimentos de ampliação, a rede vai crescer mais de 40% e o número de clientes atendidos avançará 120% até 2025.

    Com os investimentos, a distribuidora pretende chegar a 15 novas cidades. O atendimento será ampliado no mercado de varejo, especialmente nos espaços urbanos de grande concentração residencial e condomínios verticais.

    Previsão de investimentos na Serra e Planalto Norte

    Entre os principais projetos de regionalização previstos no atual plano de negócios da companhia, destacam-se o projeto Serra e a rede isolada no Planalto Norte. As obras na Serra começaram em 2011 e, até dezembro de 2020 foram investidos R$ 130 milhões na implantação de 230 quilômetros de rede, contemplando 16 municípios.

    Atualmente obras, na região serrana, estão no município de Pouso Redondo e vão seguir até Lages e Otacílio Costa. Até 2025, a SCGás pretende investir mais R$ 110 milhões para a finalização das obras. Este é o maior projeto de infraestrutura de rede de distribuição de gás natural em execução no Brasil.

    Implantação de rede isolada

    A SCGás também vai implantar a rede isolada, na qual o gás natural chega via gás natural comprimido ou gás natural antecipando a oferta e desenvolvendo o mercado de consumo até a chegada da rede principal. Em 2020, a rede estruturante de Lages iniciou a operação e será ampliada esse ano.

    O próximo projeto de rede isolada será no Planalto Norte catarinense, que receberá investimento de R$ 13 milhões, em quatro anos, para atender os ramos industriais de papel e celulose, principalmente em Três Barras e Canoinhas.

    Mais colunistas

      Mais colunistas