nsc
nsc

Prevenção

Software da Fiesc monitora trabalhadores e pode ajudar a evitar lockdown

Compartilhe

Loetz
Por Loetz
03/08/2020 - 08h10
Software foi apresentado durante reunião da Fiesc com o governo de SC
Software foi apresentado durante reunião da Fiesc com o governo de SC (Foto: Gabrielle Bittelbrun, Fiesc)

30 mil pessoas estão sendo monitoradas por meio do CoronaDados, um software desenvolvido pelo Sesi para auxiliar o setor produtivo a acompanhar a evolução do vírus nos empregados que apresentam sintomas de coronavírus.

A solução foi apresentada por videoconferência, em reunião coordenada pelo Secretário da Fazenda, Paulo Eli, com o grupo econômico formado para discutir os desafios do Estado no enfrentamento à pandemia. 

Mais de 350 empresas e prefeituras estão utilizando e os trabalhadores respondem diariamente se estão bem ou se estão com algum sintoma. A tecnologia pode ajudar a evitar um novo lockdown no Estado, argumenta o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, sugerindo que as empresas adotem ferramentas para monitorar a saúde dos trabalhadores.

Diariamente, mais de 10 mil pessoas reportam suas condições de saúde à assistente virtual Cora. O monitoramento contribui para acelerar as medidas de segurança.

O Protocolo Corona inclui ainda a adoção de equipamentos e sistemas adequados de proteção dos indivíduos, dos ambientes e da coletividade em geral, e a realização de testes em massa, devidamente planejados conforme a necessidade e situação.

​> Receba notícias de Joinville e da região Norte de SC por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do AN

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Cláudio Loetz

Colunista

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

siga Loetz

Mais colunistas

    Mais colunistas