nsc
    nsc

    Lei Maria da Penha

    Defensor público-geral será julgado por violência doméstica

    Compartilhe

    Por Marcelo Fleury
    22/02/2018 - 20h17 - Atualizada em: 23/02/2018 - 11h53

    O defensor público-geral, Ralf Zimmer Júnior, deixa o cargo em março. O período coincide com o julgamento de uma ação em que ele é réu pela Lei Maria da Penha. Divorciado, teve ao menos uma briga física com a ex-mulher, que o acusa de violência doméstica. Ralf admite o episódio, mas diz que foi ele o agredido. Conta:

    — Empurrei ela e saí pela janela.

    Ralf passa o cargo para Ana Carolina Cavalin no dia 8 de março. Segundo ele, é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

    Leia todas as publicações de Marcelo Fleury

    Veja também:

    Pancadaria verbal entre desembargadores durante julgamento envolvendo Dário Berger

     

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas