publicidade

Obras

Nova etapa da recuperação da ponte Hercílio Luz inicia nesta quinta-feira

Compartilhe

Por Marcelo Fleury
24/05/2018 - 04h00 - Atualizada em: 24/05/2018 - 03h55
(Cristiano Estrela, Diário Catarinense)

*Por Ânderson Silva, interino

Nesta quinta-feira, ao meio-dia, a recuperação da Ponte Hercílio Luz entrará numa nova etapa. A torre do lado insular será elevada em três centímetros para a troca das rótulas antigas e colocação de duas novas peças. Além disso, segue a troca das barras de olhal, que dão sustentação ao vão central e formam as curvas da estrutura. Oitenta e oito das 360 foram substituídas até ontem.

 

Até quando?

A nova determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para a suspensão do edital do governo do Estado para a empresa que vai fiscalizar a reforma das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, vai prolongar ainda mais o atraso dos serviços. O TCE havia determinado no ano passado que o Deinfra refizesse a licitação com ajustes. O Deinfra lançou novamente o edital em fevereiro deste ano, mas fora dos padrões estabelecidos pelo tribunal. Resultado: nova suspensão. A empresa responsável pela obra foi escolhida em outra licitação há dois anos e aguarda a fiscalizadora. Enquanto isso, as duas pontes dão sinais claros de que precisam ser reformadas.

 

Educação inovadora

A Capital recebe até sexta-feira, no Oceania Convention Center, nos Ingleses, a 10ª edição do "Perspectivas e Estratégias para uma Educação Imovadora". O evento receberá especialista de renome nacional. A promoção é da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina (Undime-SC).

 

Arquivada

O pedido da psiquiatra Regina Coeli Martins Pinto para que Joinville seja a Capital do Estado foi protocolado ontem na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alesc, mas a proposta deve ser arquivada logo no início da tramitação. Isso porque a Constituição prevê que um projeto de iniciativa popular precisa recolher assinaturas em pelo menos 20 cidades, atingindo 1% do eleitorado de cada um destes municípios, para ser válido. O número total de assinaturas também precisaria ser de 1% do eleitorado de Santa Catarina. O número, hoje, gira em torno de 50 mil pessoas _ bem mais que as 800 adesões apresentadas por Regina.

 

Ops!

O concurso do IGP vai contratar 52 profissionais e não 532, como publicado por um erro de digitação na coluna de ontem.

 

Leia outras publicações de Marcelo Fleury

Deixe seu comentário:

Marcelo Fleury

Jornalista, Marcelo Fleury trata de assuntos do cotidiano e política, com olhar crítico sobre os fatos em Santa Catarina e no Brasil. Esta coluna deixou de ser atualizada. Conheça todos os colunistas do NSC Total em: https://www.nsctotal.com.br/

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade