nsc
nsc

Ação solidária

Esclerose Múltipla é tema de ação solidária em Florianópolis

Compartilhe

Mário
Por Mário Motta
11/02/2020 - 16h01
Esclerose Múltipla é tema de ação solidária em Florianópolis (Foto: Divulgação)
Esclerose Múltipla é tema de ação solidária em Florianópolis (Foto: Divulgação)

No dia 19 de fevereiro, o projeto EMVOLVER vai unir forças em prol de uma causa que afeta 15 a cada 100 mil habitantes no Brasil. O evento que terá início a partir das 19 horas, acontecerá no Meu Jardim Food Park, à Rua Fulvio Aducci, 492, Estreito, Florianópolis.

Com sintomas e necessidade de tratamentos variados, a Esclerose Múltipla é desafiadora para portadores e familiares que, em Santa Catarina, há 15 anos podem contar com o apoio de instituições como a AFLOREM, Associação Florianópolis e Região de Esclerose Múltipla.

O Movimento Sou Estreito e Não Largo e Meu Jardim Food Park apoiam a ação do dia 19 que quer esclarecer sobre a doença e angariar fundos para a AFLOREM com a doação de 10% para a instituição de tudo o que for consumido no food park nesta noite.

Velha Guarda da Coloninha vai participar.
Velha Guarda da Coloninha vai participar.
(Foto: )

O músico Fidelis e uma seresta da Velha Guarda da Unidos da Coloninha já estão escalados para animar a ação.

Com sede no bairro Estreito, ao menos 200 pessoas são atendidas pela AFLOREM, entre pacientes e familiares, vindos de todas as regiões do estado. Pensando no bem-estar destes pacientes, além esclarecer sobre a Esclerose Múltipla, incluindo a necessidade de exames para diagnóstico precoce, através do projeto EMVOLVER a AFLOREM busca arrecadar fundos para construir uma sala neurofuncional com equipamentos, e instalação do espaço de neuro reabilitação (neurofuncional). Para atingir o objetivo, além de eventos como do dia 19 de fevereiro, a AFLOREM também recebe doações através de seu site, o aflorem.org.br, um canal bem completo de informações sobre a Esclerose Múltipla.

Em tempo:

O conceito do nome EMVOLVER está na junção do EM (sigla usada para Esclerose Múltipla), mais a noção da patologia que está no portador (portador aqui é quem "transportada" por ele, é quem "levada consigo") no momento da descoberta da doença que faz a pessoa "voltar a si", "tornar a si", "voltar-se" (verbos relacionados a VOLVER)

E se você preferir contribuir com qualquer valor em dinheiro:

Associação Florianópolis e Região de Esclerose Múltipla

Cooperativo Sicred SA – Bansicred (748)

Agência: 0226 - Conta Corrente: 73.723-2

Deixe seu comentário:

Mário Motta

Colunista

Mário Motta

Informação de relevância e opinião sobre o que acontece na Grande Florianópolis com todo o carisma e credibilidade de Mário Motta.

siga Mário Motta

Últimas do colunista

Loading interface...
Mário Motta

Colunista

Mário Motta

Informação de relevância e opinião sobre o que acontece na Grande Florianópolis com todo o carisma e credibilidade de Mário Motta.

siga Mário Motta

Mais colunistas

    Mais colunistas