nsc

publicidade

Balanço

Beira-Mar Norte, em Florianópolis, continua imprópria para banho

Compartilhe

Moacir
Por Moacir Pereira
18/11/2019 - 21h46 - Atualizada em: 26/11/2019 - 09h13
(Foto: Diorgenes Pandini / NSC Total)
(Foto: Diorgenes Pandini / NSC Total)

O último relatório de balneabilidade do litoral catarinense, divulgado pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) indica que 18 praias estão com áreas impróprias para banho na Capital. A maioria está na Ilha de Santa Catarina.

As coletas foram realizadas de 11 a 15 de novembro, 78,2% dos pontos analisados estão próprios para banho no litoral.

A informação mais impactante refere-se a Beira-Mar Norte, que continua com problemas de poluição na área onde está o monumento da Polícia Militar do Estado.

Nota do Instituto dá mais detalhes: “Em Florianópolis, dos 85 locais onde há coleta, 67 estão em condições de receber banhistas. No restante do litoral, de 144 pontos averiguados, 112 estão próprios, o que representa 77,8%. Com relação ao relatório da semana anterior, 14 pontos passaram da condição de próprio para impróprio e 16 de impróprio para próprio.

As amostragens e ensaios são efetuados em 229 pontos dos 500 km da costa catarinense, distribuídos nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo e São José.

Durante a alta temporada, de novembro a março, a pesquisa de balneabilidade é realizada todas as semanas e divulgada todas as sextas-feiras. A próxima atualização ocorre dia 22 de novembro. Todas as informações sobre a situação das praias catarinenses podem ser acessadas pelo site.”

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

publicidade