nsc

publicidade

Moacir

Boletim

Censura em conselheiro repercute fora da Celesc

Compartilhe

Por Moacir Pereira
19/08/2019 - 23h04 - Atualizada em: 19/08/2019 - 23h05

Ganhou repercussão dentro e for a da Celesc Distribuição a decisão do presidente Cleicio Martins de censura à veiculação do tradicional Boletim do Conselheiro que o representante dos empregados costuma enviar a todo o corpo funcional da estatal a título de prestação de contas.

De acordo com informações que circularam nesta segunda-feira (19) na sede central, o presidente teria que houve um equívoco em sua decisão. Mas nenhuma foi emitida.

Na Assembleia Legislativa até os deputados da base do governo estranharam a orientação do novo presidente, lamentando o fato e o desgaste político.

Confira a íntegra da comunicado do conselheiro Leandro Nunes:

“Celesquianos

Infelizmente acabo de descobrir (porque não fui informado) que fui censurado pela direção da Celesc e proibido de mandar o boletim do conselheiro para os empregados da empresa através do e-mail corporativo. Uma atitude ditatorial e incompreensível, de quem não aceita o contraditório e quer impedir os trabalhadores de saber o que realmente acontece no Conselho de Administração da empresa. Estou tomando as medidas administrativas junto ao Conselho de Administração, políticas com os sindicatos e legais junto ao judiciário para que a voz dos empregados não seja proibida pela primeira vez na história de se comunicar com os trabalhadores. Aguardem mais informações. Um abraço, Leandro Nunes.”

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

moacir.pereira@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade