nsc

publicidade

Moacir

Entrevista

Empresa do novo aeroporto de Florianópolis vai examinar outros terminais de SC

Compartilhe

Por Moacir Pereira
04/10/2019 - 18h51 - Atualizada em: 04/10/2019 - 19h38
Stephan Widrig , Ceo da Zurich Airport (Foto: Divulgação)
Stephan Widrig , Ceo da Zurich Airport (Foto: Divulgação)

Presidente mundial do Zurich Airport, Stephan Weidrig anuncia a estratégia do grupo em relação a Santa Catarina e o Brasil. No cargo desde 2015, integra o Conselho Executivo do grupo suíço desde 2008. Já foi diretor Financiero e comercial do Aeroporto Internacional de Bandalore (Índia). Atua há 20 anos no setor aeroportuário. 

Seu maior desafio: inaugurar o “The Circle”, um empreendimento com 180 mil m³ que exigirá investimentos de 1 bilhão de euros. Vai transformar a área do aeroporto no maior centro de negócios, serviços e entretenimento.

A entrevista foi feita por e-mail.

Qual a expectativa da Zurich Airport com inauguração do aeroporto de Florianópolis em relação ao aumento de passageiros e de negócios?

Após a inauguração do novo terminal, os passageiros se beneficiam de uma moderna infraestrutura aeroportuária, embarcando e desembarcando por 10 pontes, mais de 2,5 mil novas vagas de estacionamento ao lado do terminal, uma calçada de dois níveis para uma experiência eficiente de embarque e desembarque e uma experiência significativamente melhorada em alimentos, varejo e serviços com o novo Boulevard 14/32. Para que o aeroporto cresça, é necessário que exista demanda no mercado. A esse respeito, previsões específicas são difíceis. No entanto, estamos confiantes no mercado brasileiro como um todo e em Florianópolis em particular.

Com uma área de captação de 1,1 milhão de pessoas, o Aeroporto Internacional Hercílio Luz recebeu cerca de 4 milhões de passageiros em 2018, número que esperamos crescer substancialmente nos próximos anos. Em suma, acreditamos no sucesso do “Floripa Airport”.

As pessoas de SC torcem para que a Zurich assuma outros aeroportos do Estado. A empresa vai participar de novas licitações?

Acreditamos no potencial de crescimento de longo prazo do mercado de aviação brasileiro e nas boas perspectivas da região. Florianópolis e o Estado são atraentes como destino devido à beleza natural e ao status de um dos melhores destinos turísticos da América do Sul para viajantes internacionais e brasileiros. Estamos constantemente buscando novas oportunidades de investimento na América Latina e no Brasil. Portanto, certamente também examinaremos de perto os aeroportos nas próximas rodadas de privatização em Santa Catarina.

A Zurich Airport em Florianópolis dará visibilidade a SC na Suíça e na Europa. Isto resultará em investimentos no Estado?

O Zurich Airport construiu um novo terminal e melhorou a infraestrutura do aeroporto para atingir seu potencial máximo de crescimento, utilizando as melhores práticas desenvolvidas na Suíça, preservando os valores locais brasileiros. Só podemos esperar que o resultado seja uma contribuição para facilitar possíveis investimentos na área.

Leia também: Novo aeroporto de Florianópolis é só o começo

Que avaliação a diretoria da Zurich Airport faz sobre os técnicos e trabalhadores que executaram o projeto de Florianópolis?

Após um período total de construção de 16 meses, o novo terminal foi comissionado conforme planejado em 1º de outubro de 2019. Com 41 mil m², é cerca de quatro vezes maior que o prédio anterior. Estamos muito orgulhosos da qualidade e pontualidade do trabalho realizado durante a construção. Estamos confiantes de que a nova infraestrutura cria as condições ideais para lidar com o crescimento esperado do número de passageiros em Florianópolis.

O que as autoridades e a população devem fazer para corresponder aos investimentos e expectativas da diretoria da Zurich Airport?

Continuaremos a fazer nossa parte em investimentos significativos no “Floripa Airport” e fornecer melhorias transformacionais na experiência do aeroporto de passageiros. Esperamos ansiosamente uma colaboração construtiva contínua com as autoridades de C e Florianópolis.

A opção por Santa Catarina é estratégica nos planos da empresa?

Como parte de seus negócios internacionais, o Zurich Airport opera atualmente em oito aeroportos na América Latina. Juntamente com os quatro aeroportos no Brasil e dois no Chile, também operamos aeroportos em Bogotá e Curaçao. Além disso, o Aeroporto de Zurique tem uma base em Kuala Lumpur (Malásia) desde abril de 2018, de onde pode desenvolver mercados na Ásia. Acreditando no potencial de crescimento de longo prazo do mercado de aviação brasileiro e na atratividade da região de Santa Catarina. Os investimentos em Santa Catarina certamente se encaixam em nosso foco estratégico.

:: Mais que aeroporto, Santa Catarina ganha um novo player

Alguma negociação com empresas aéreas para voos diretos de Florianópolis para a Europa?

Atualmente, existem conexões diretas do aeroporto de Zurique para o Rio de Janeiro (GIG), São Paulo (GRU) e Buenos Aires (EZE). Nosso departamento de marketing de aviação está constantemente em contato com diferentes companhias aéreas, buscando novos destinos possíveis de e para Zurique. Esperamos poder anunciar voos diretos adicionais para a América Latina no futuro.

A Zurich Airport aposta no futuro do turismo e dos negócios no Brasil?

Em geral, o Zurich Airport está convencido do grande potencial do mercado latino-americano e de seus pontos fortes como destino turístico. A concessão que o Zurich Airport adquiriu para o desenvolvimento e operação do “Floripa Airport” dura até 2047, o que reforça nosso compromisso.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

moacir.pereira@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade