nsc

publicidade

Crítica

Fampesc reforça críticas ao governador Moisés

Compartilhe

Moacir
Por Moacir Pereira
20/11/2019 - 19h29 - Atualizada em: 21/11/2019 - 09h05
Críticas ao governador.
Governador Moisés. (Foto: Gabriel Lain / NSC Total)

A Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedor Individual de Santa Catarina (Fampesc) emitiu nota no fim da tarde hipotecando solidariedade ao Sindifisco e criticando o governador pelas declarações de que a sonegação em Santa Catarina chegaria à cifra de R$ 10 bilhões. O presidente Alcides Andrade crítica o governador por estar distante dos empresários.

Veja a íntegra:

"A Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedor Individual de Santa Catarina (Fampesc) manifestou apoio ao Sindicato dos Fiscais da Fazenda de Santa Catarina, que emitiu nota oficial contestando declarações do governador Carlos Moisés da Silva de que os empresários catarinenses sonegam impostos em 10 bilhões de reais."

De acordo com o presidente da Fampesc, Alcides Andrade, "a grande maioria da Fazenda tem o respeito dos empresários, mas infelizmente alguns setores forçam um erro do governador”. Alcides Andrade criticou ainda o fato de Carlos Moisés da Silva estar distante das entidades empresariais. “Não foi apenas o convite do Sindifisco que o governador deixou de atender. O Conselho das Federações Empresariais (Cofem) também o convidou e ele nunca apareceu", completou.”

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC​

Acesse as últimas notícias do NSC Total

Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

Moacir Pereira

Colunista

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

siga Moacir Pereira

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade