A Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) decidiu realizar uma ação integrada com o Ministério da Saúde e o governo do Estado nas medidas preventivas e de orientação às Prefeituras de combate ao coronavírus.    

Continua depois da publicidade

O presidente Saulo Speroto anunciou que “há um esforço do sistema municipalista em conectar o monitoramento. As orientações devem ser vistas e implementadas, com as informações necessárias para que nós municípios, por meio da rede integrada de saúde, possam atender a demanda necessária que se apresentar daqui para frente”.

Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

Através de nota, a Fecam tem enfatizado que “a infecção por coronavírus é uma doença de baixa letalidade. Dados da OMS mostram que 80% dos casos são leves. A maior preocupação é quando a doença atinge idosos ou pessoas com doenças crônicas.”

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total