nsc
    nsc

    Menos burocracia

    IMA libera indústria de pesca embargada em Itajaí

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    14/02/2020 - 10h58 - Atualizada em: 14/02/2020 - 11h29
    Pesca industrial de Itajaí (Foto: Luiz Carlos Souza, NSC Total, BD)
    Pesca industrial de Itajaí (Foto: Luiz Carlos Souza, NSC Total, BD)

    O veemente protesto feito da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado contra a burocracia do Instituto do Meio Ambiente (ex-Fatma) pelo deputado Ricardo Alba (PSL) já produziu os primeiros resultados. Ele criticou duramente o IMA por não dar solução ao embargo da indústria de processamento de pescado de Itajaí, a Gomes da Costa, maior do gênero no Brasil, mesmo tendo atendido as exigências do Instituto em relação ao vazamento de odor.  

    A empresa investiu mais de 10 milhões de reais para resolver o problema e aguardava liberação do IMA. Os 2 mil empregados estavam de braços cruzados. A direção do órgão estadual anunciou a liberação com um Plano de Testes que valerá até o dia 5 de março.

    Nota divulgada pelo Instituto dá mais detalhes:

    “1. A partir da data de (11/02/2020) até o dia 05/03/2020, a empresa está autorizada a: 1.1. Receber matéria-prima de segunda a quinta-feira (até 18h); 1.2. Processamento de matéria-prima nas terças, quartas e quintas-feiras, com exceção dos dias 13 e 14/02 que haverá o start da fábrica (início do processamento). 2. Os moradores poderão se manifestar neste grupo ("Monitoramento BFP") e no 0800 oferecido pela empresa;  2.1. Nos registros deverão apenas constar o horário de percepção do odor desconfortante, nome do morador, e local de constatação;  2.2. Todas as manifestações serão consideradas na avaliação.”

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas