nsc
    nsc

    Aniversário

    Ody Varella: vida dedicada ao comércio e a Florianópolis

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    03/11/2019 - 11h22 - Atualizada em: 03/11/2019 - 11h23

    Empresário Ody Varella, uma lenda do segmento empresarial de Florianópolis e de Santa Catarina, liderança ativa na defesa das principais bandeiras da Capital, está completando hoje 98 anos de idade.  A data já é motivo de grandes celebrações.  A biografia do aniversariante faz com que um batalhão de amigos e admiradores transmitam, merecidamente, todas as homenagens.

    Ody Varela
    (Foto: )

    Nascido em Tijucas em 1921, formado em Administração e Contabilidade, procurou novos horizontes em Joinville, onde atuou na Consul e na Tigre. Começava ali sua dedicação ao comércio e sua visão de forte atuação nas entidades corporativas e comunitárias.

    Mudo-se para Florianópolis em 1957, projetando-se como gerente de “A Modelar”, a maior empresa comercial da Capital.  Ali ficou durante 15 anos. Mais tarde, de 1973 a 1979, trabalhou como Diretor Administrativo da Rádio e Televisão Cultura, pioneira  na televisão em Florianópolis.

    Eleito presidente da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis em concorrido pleito, em 1971, Ody Varella contribuiu de forma decisiva para a fundação da Facisc, a Federação das Associações Comerciais e Industriais de Santa Catarina, que veio a presidir paralelamente à Associação. Além de inaugurar a primeira sede própria da ACIF, já no início da sua gestão, Ody recuperou a força do associativismo, percorrendo as rústicas estradas estaduais para fortalecer as associações incipientes em cidades do interior.

    Casado há 75 anos com Maria Eulália Fernandes, tem três filhos, sete netos e sete bisnetos. Entre os filhos o conceituado médico ortopedista Hercilio Ivo Varella, premiado profissional muito querido na cidade.

    Ody Varella teve, também, ativa participação no esporte, passando de atleta à presidência da Federação Atlética Catarinense, Federação Catarinense de Futebol de Salão e Conselho Regional de Desportos.

    Além de três gestões como presidente da ACIF, de 1971 a 1975 e de 1985 a 1987, Ody Varella foi vice-presidente, diretor financeiro, conselheiro e presidente do Conselho Superior. Em mais de 35 anos de dedicação à entidade, defendeu grandes causas como a mudança de percurso da BR-282. Com mobilização liderada pela ACIF e apoio do governador Antonio Carlos.  Era afilhado do jornalista Crispim Mira, morto à queima-roupa após denunciar a lentidão das obras na região do Rita Maria.

    Por suas inestimáveis contribuições voluntárias, é detentor de inúmeras homenagens: a Comenda do Mérito do Registro Mercantil, o Prêmio Destaque de Contabilidade, Cidadão Honorário de Florianópolis e a Comenda do Mérito Desportivo, Homenagem Especial do Prêmio Dakir Polidoro de Imprensa , em 2018 recebeu da  ACIF sua maior honraria, a Ordem do Mérito Empresarial.

    Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao melhor conteúdo de Santa Catarina e aproveitar os descontos do Clube NSC.

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas