nsc
    nsc

    Secom

    Secretário Debiasi despede-se com mensagem de gratidão aos amigos

    Compartilhe

    Por Moacir Pereira
    17/02/2018 - 21h32 - Atualizada em: 17/02/2018 - 21h40

    O secretário de Comunicação Social do governo estadual, João Evaristo Debiasi, despediu-se ao cargo enviando uma mensagem às autoridades e aos amigos, para agradecer os apoios que recebeu durante o exercício do cargo.

    Faz um histórico de sua presença na administração estadual, das várias atividades que desenvolveu e recomenda a todos: “Trabalhem com Ordem, Constância, Intensidade e presença de Deus.”

    Profissional correto, com atuação ética e humana irrepreensíveis, deixa um legado importante em postura correta para todos os que trabalharam na área e com ele conviveram durante estes anos.

    O texto remetido é o seguinte:

    “Caros, venho lhes falar sobre GRATIDÃO!

    Como já é de conhecimento de todos, encerro meu ciclo diante da Secretaria de Comunicação. Resumo meu sentimento com uma palavra: GRATIDÃO!

    Comecei minha trajetória no governo Raimundo Colombo e Eduardo Pinho Moreira ainda na equipe de transição como um assessor informal do então secretário da Fazenda, Ubiratan Simões Rezende. O Bira me apresentou alguns meses depois (semanas talvez) o Enio Branco que na época presidia a SCPar, lá fui assessor de planejamento.

    Um tempo depois o Enio Branco assumiu a Secom e me convidou para um trabalho muito específico “quem sabe você não nos ajuda a dar forma para a comunicação do governo na internet e redes sociais?” e eu topei e comecei então meu caminho pela Secom, empolgadíssimo e empenhado.

    Éramos, meu computador, celular, uma mesa… e tudo começou… Pusemos um novo site no ar, vieram os primeiros profissionais com perfil mais digital, definimos algumas diretrizes para as redes sociais.

    Veio o Nelson Santiago, deu ainda mais gás, e avançamos ainda mais na comunicação nos meios digitais, as primeiras peças impulsionadas, primeiras campanhas e por aí em diante…

    Então veio o Walter Bier, me deu a oportunidade de expandir mais um pouco o horizonte, quando assumi a Diretoria de Divulgação. Tarefa árdua pelo desafio de coordenar toda parte de investimentos em campanhas publicitárias.

    Um dia, o governador Raimundo Colombo me chamou e disse “João, a Secom agora é contigo, toca…” E eu toquei. Até aqui. Me doei com todas as minhas forças. Elas podem não ter sido suficiente mas tenham certeza que era tudo o que eu tinha pra dar.

    Os desafios foram gigantescos, foi um período de enormes dificuldades, mas sem jamais ceder ao pessimismo, que é aliado do inimigo. Enfrentamos crises de diversas naturezas e eu penso que saímos mais fortes de cada uma delas. Vocês tornaram a luta menos árdua.

    Diante de tudo isso eu não tenho como expressar outro sentimento senão de profunda gratidão. Por isso meu muito obrigado a toda equipe da Secom, aos veículos de comunicação, as agências de publicidade que atendem o governo de SC, jornalistas, publicitários, executivos de toda indústria de comunicação do nosso estado e aos secretários de estado com quem tive a honra de servir Santa Catarina.

    Um agradecimento sincero e especial aos governadores Raimundo Colombo e Eduardo Pinho Moreira. Obrigado pela confiança e oportunidades.

    Aos que nos sucedem e aos que seguem na Secom desejo pleno sucesso e realização profissional. Que sejam tão felizes e realizados como eu me sinto hoje.

    Deixo apenas uma dica, que dou aos meus melhores amigos. Não sobre comunicação que vocês são melhores que eu. Mas que costuma dar certo comigo (não que sirva de exemplo mas lá vai).

    Trabalhem com Ordem, Constância, Intensidade e presença de Deus.

    Ordem, tenham uma hora para começar, e comecem! E uma hora para acabar, e acabem. É difícil, as últimas pedras são as mais pesadas!

    Constância. Manter a Ordem no início e fácil, sinal de fortaleza é mantê-la com o cansaço e os momentos enfadonhos. Vença-os!

    Intensidade, não é barulho, gritaria, alvoroço. Não! Os momentos de maior intensidade são aqueles de introspecção, quase solidão, de estudo, foco, observação, concentração. Separem alguns momentos durante a jornada, breves não precisa e nem devem ser muito longos para silenciosamente falar com Deus... e por último mas não menos importante...

    Tenham em conta a presença de presença de Deus, ou encaramos nosso trabalho, seja ele qual for, como uma Missão de serviço ao próximo, ou ele não fará sentido algum.

    Forte abraço. Obrigado por tudo!”

    Leia mais colunas de Moacir Pereira

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas