O espetáculo “Querida Kitty”, uma adaptação dramática do livro “O Diário de Anne Frank”, será exibido no Teatro Pedro Ivo em única apresentação no próximo sábado (14), às 20h. A peça surgiu da ousada proposta da diretora teatral Lauchi Gamarra de encenar uma das mais trágicas histórias de intolerância humana. Em cena, 18 atores recontam a história da menina judia que ficou escondida com a sua família durante a ocupação do exército nazista na Holanda.

Continua depois da publicidade

Anne Marie Frank foi uma adolescente alemã de origem judaica, vítima do Holocausto. Ela se tornou uma das figuras mais discutidas do século 20 após a publicação do diário que escreveu enquanto estava em seu cativeiro. O livro, que foi adaptado para o cinema e para o teatro, relata o cotidiano de sua família em Amsterdã. Eles ficaram dois anos escondidos num cômodo secreto de uma residência para escapar dos nazistas.

“Querida Kitty” foi encenada, no ano passado, no Teatro Álvaro de Carvalho, com grande sucesso de público pela República da Arte, que reúne profissionais do teatro de Florianópolis. A companhia possui um espaço físico no centro histórico da cidade que funciona como centro cultural alternativo e bar onde são encenadas peças, shows de humor, musicais e exposições artísticas para pequenos públicos.

O espetáculo dá vida a este trágico momento histórico vivido por duas famílias judias que fugiram da Alemanha para a Holanda durante a Segunda Guerra Mundial. A proposta da companhia é recontar a história de Anne Frank já que a intolerância ainda permanece como uma ameaça hoje em diversos países onde grupos étnicos, religiosos, entre outros, continuam a ser perseguidos e segregados.

 

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total