Pesquisas recentes mostraram que o mercado de influência tem sido responsável por boa parte dos resultados de negócios, moldando hábitos de consumo, especialmente no Brasil.

Continua depois da publicidade

A plataforma Traackr no report Influencer Marketing Impact Report 2022, em que entrevistou 1.000 consumidores e 500 profissionais de marketing, apontou que 70% dos consumidores estão mais propensos a comprar um produto de uma marca se ela trabalhar com um(a) influenciador(a) que eles gostam e 59% afirmam que comprariam algum produto recomendado por influenciador(a).

Do lado dos anunciantes, 82% afirmam que campanhas com influenciadores geraram resultados de vendas e 54% apontam o crescimento em brand awareness. Já a plataforma CupomValido.com.br realizou estudo recente mostrando que o Brasil é o país mais influenciável globalmente: 43% da população já adquiriu produtos ou serviços influenciado por um criador de conteúdo.

E o impacto dos influenciadores não ocorre apenas em resultados de vendas online, mas também no fluxo de clientes em lojas físicas. Um exemplo é a rede de calçados Studio Z que, durante a semana do Dia dos Namorados, direcionou sua divulgação através de duas micro influenciadoras (que possuem alcance mais nichado e regional, em média entre 10 mil e 100 mil seguidores), de Florianópolis e Fortaleza, e percebeu tanto um aumento no tráfego no site como em compras presenciais. As clientes mostravam nas lojas físicas os cupons de desconto divulgados pelas criadoras de conteúdo em suas redes sociais.

Rede calçadista Studio Z obteve resultados de vendas tanto no e-commerce como em lojas físicas, em campanha assinada pela agência Influency Lovers
Rede calçadista Studio Z obteve resultados de vendas tanto no e-commerce como em lojas físicas, em campanha assinada pela agência Influency Lovers (Foto: Reprodução: studio Z)

Continua depois da publicidade

A marca calçadista aproveitou o aquecimento do comércio para reforçar a sua comunicação e presença online por meio dos influenciadores. Para uma das profissionais da equipe de Marketing da empresa, Júlia Nunes Macedo, a escolha deste formato de divulgação, especialmente em datas comemorativas, é cada vez mais importante “pois é um momento que o mercado está aquecido e os clientes estão buscando produtos, mas o dinheiro é um só, então temos que nos antecipar e oferecer o produto certo, no canal certo e com o discurso correto. E os influenciadores super apoiam nessa “entrada” na vida das pessoas de forma leve”, comenta.

A agência Influency Lovers, que assinou a campanha, destaca que os resultados positivos ao investir em Marketing de Influência dependem de uma série de cuidados que iniciam desde a escolha e curadoria de influenciadores adequados, até a estratégia e correta mensuração dos objetivos pretendidos. A sinergia entre Studio Z e a atuação da agência contribuiu para que em menos de uma semana de divulgação a marca atingisse mais de 44 mil pessoas, e contabilizasse pelo menos 17 vendas diretas, online e offline.

Além da conversão em vendas, a campanha reforçou o conceito da marca ao lifestyle de influenciadoras fashion que possuem grande autoridade entre o público-alvo da Studio Z. Também promoveu o relacionamento da empresa com estas criadoras de conteúdo, que passam a reverberar a boa experiência no contato com a empresa, seus produtos e atendimento.

“Usar o canal dos influenciadores é muito importante para atingir o público em um canal diferente e consolidar a marca, além de trabalhar a conversão de venda através das dicas dos influenciadores”, afirma Júlia, que prevê aumento do investimento da empresa em influencers no próximo ano. Assim como diversas outras marcas, a empresa já segue um movimento de alta no que se refere ao investimento nesta estratégia de marketing.

Continua depois da publicidade

Andressa Griffante para o NSC lab.

Destaques do NSC Total