nsc

publicidade

INFRAESTRUTURA VIÁRIA

Corredor Sul: as mudanças que serão implantadas nas ruas do bairro Garcia no próximo ano

Compartilhe

Pancho
Por Pancho
30/11/2019 - 16h59 - Atualizada em: 02/12/2019 - 10h18
Rua Amazonas, Blumenau
Maior trecho da Rua Amazonas terá pistas separadas por tachões para impedir conversão à esquerda. Foto: Patrick Rodrigues

Enfim a revitalização da Rua Amazonas, em Blumenau, vai sair do papel. A prefeitura de Blumenau aguarda para as próximas semanas a aprovação definitiva da Caixa Econômica Federal para liberar o financiamento que vai bancar a obra.

Na realidade o que está para ser aprovada é a mudança do objeto do financiamento. Originalmente ele se destinava ao corredor Sul, mas depois foi alterado para bancar a Ponte Norte-Sul, aquela que ligaria as ruas Itajaí e Paraguay junto à Prainha. Com a decisão do prefeito Mário Hildebrandt de suspender a construção da ponte devido aos inúmeros impasses judiciais, o poder público encaminhou uma nova troca de projetos, recuperando parte do original, além de acrescentar outras obras de mobilidade.

A implantação do corredor Sul atinge em cheio os bairros Garcia, Vila Formosa e Jardim Blumenau. O maior impacto será sentido na Rua Amazonas, entre os terminais Fonte e Garcia, um trecho de pouco mais de cinco quilômetros. Haverá por exemplo, corredor exclusivo para ônibus no sentido bairro entre o Terminal Fonte e a Rua Gertrud Metzger, aquela que dá acesso à Rua Hermann Huscher.

Rua Amazonas dividida

Da Gertrud Metzger até o Terminal Garcia a Rua Amazonas terá tachões para dividir as pistas, o que vai impedir a conversão à esquerda em qualquer ponto e nos dois sentidos. A ideia é aumentar garantir o fluxo dos veículos e a segurança de motoristas, motociclistas e pedestres. Segundo o secretário municipal de Mobilidade Sustentável e Projetos Especiais, Paulo França, a Rua Amazonas é a que mais registra acidentes na cidade.

Os que tiverem que dobrar à esquerda terão que seguir até um dos três pontos de retorno que serão implantados. Um vai ficar junto à Rua Engenheiro Odebrecht. Outro será instalado na Rua Soldado Moacir Pinheiro, onde também está sendo construída uma ponte para acessar a Hermann Huscher. O terceiro ponto de retorno vai usar a Rua Esmeraldas, próximo à padaria Kibaguetti. Para a implantação desses retornos, algumas áreas serão desapropriadas e a prefeitura já publicou o decreto de utilidade pública delas. Calçadas e a ciclofaixa da Rua Amazonas também passarão por melhorias.

Hermann Huscher mais larga

A Rua Gertrud Metzger, que liga as ruas Amazonas e Hermann Huscher, será alargada. Incluindo a ponte, que vai ganhar mais uma faixa. O trecho da Rua Hermann Huscher da Rua Gertrud Metzger (Hotel Quality) até a Alameda Rio Branco também terá alterações importantes.

Os quase 600 metros serão duplicados. Haverá duas faixas em cada sentido, sendo que em direção ao Centro uma delas será corredor exclusivo para ônibus. Esse corredor vai se estender pela Alameda Rio Branco até a Rua 7 de Setembro. A ideia é priorizar o transporte coletivo.

Calçadas e ciclofaixas

O valor do financiamento junto à Caixa é de aproximadamente R$ 55 milhões. Quase metade disso será investido no Corredor Sul e o restante vai contemplar outras obras de mobilidade e a instalação de novos abrigos em mais 178 pontos de ônibus de Blumenau.

Calçadas devem ser revitalizadas e ciclovias ou ciclofaixas implantadas em importantes corredores de serviço da cidade, como as ruas das Missões, 2 de Setembro, Bahia (trecho entre Rua São Paulo e Ponte do Salto) e Engenheiro Udo Deeke, que também passará por revitalização. Está prevista também a continuidade das calçadas e ciclofaixas de cinco ruas na Itoupava Central, obra que está parada há algum tempo.

Deixe seu comentário:

Pancho

Colunista

Pancho

O noticiário de Blumenau e região enriquecido com opinião. Política, segurança pública e as polêmicas da região, além da análise, dicas e curiosidades do cotidiano.

siga Pancho

Pancho

Colunista

Pancho

O noticiário de Blumenau e região enriquecido com opinião. Política, segurança pública e as polêmicas da região, além da análise, dicas e curiosidades do cotidiano.

siga Pancho

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade