nsc
    nsc

    História preservada

    Museu de Hábitos e Costumes de Blumenau passará por reforma ainda neste ano

    Compartilhe

    Por Pancho
    02/10/2019 - 09h07
    Museu de Hábitos e Costumes de Blumenau
    Grafite da fachada deve ser mantido. Foto: Pancho

    O Museu de Hábitos e Costumes de Blumenau será reformado em breve. Com ajuda da iniciativa privada, que vai doar o material, haverá melhorias na pintura, estrutura, iluminação, fachada e revisão do telhado. Caberá à Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais licitar a mão de obra, o que deve ser feito até o próximo mês.

    O imóvel na esquina das ruas Alwin Schrader e XV de Novembro é tombado pela Fundação Catarinense de Cultural, que já autorizou a intervenção. O grafite da fachada deve ser mantido.

    Museu de Hábitos e Costumes de Blumenau
    Acervo tem cerca de 22 mil peças
    (Foto: )

    Confesso que até hoje não entendo como o Museu de Hábitos e Costume não é o mais visitado da cidade, posto que pertence ao vizinho Museu da Cerveja. O acervo é impressionante e reúne 22 mil peças usadas por famílias blumenauenses nas mais diversas épocas da história da cidade. Segundo o secretário de Cultura, Rodrigo Ramos, 70% do acervo está exposto nos diferentes espaços do casarão do Centro Histórico.

    Prevenção

    Por falar em história, os planos preventivos de incêndios dos museus controlados pela Secretaria de Cultura de Blumenau estão concluídos. Agora começa o trabalho de captação de recursos para instalar os equipamentos necessários.

    Museu de Hábitos e Costumes de Blumenau
    Itens em exposição estarão amis seguros com plano de prevenção a incêndios
    (Foto: )

    Os cerca de R$ 200 mil necessários devem vir de três frentes: recursos próprios, emendas parlamentares e doação da comunidade. Os equipamentos de prevenção à incêndios serão instalados no Mausoléu Doutor Blumenau, Arquivo Histórico, Museu da Família Colonial, Museu de Hábitos e Costumes, prédio da Secretaria de Cultura, Museu dos Clubes de Caça e Tiro e Escola Número 1.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas